fbpx
Famosos

Sara Carreira. Investigação ao acidente sem dúvidas da causa

Sara Carreira, Ivo Lucas
Instagram

Quase a completar 4 meses do trágico acidente que vitimou Sara Carreira, o NICAV da GNR de Santarém está prestes a concluir o relatório. Radares na A1 denunciam o que aconteceu.

Quase 4 meses depois do trágico acidente automóvel que tirou a vida a Sara Carreira, o NICAV da GNR de Santarém está prestes a concluir o relatório às causas do acidente que ocorreu a 5 de dezembro de 2020.

Segundo apurou a revista TV Guia, só faltam os resultados dos exames toxicológicos, contudo, não vão mudar o desfecho do que já foi apurado. Depois de analisadas todas as provas recolhidas no local do acidente, da peritagem aos veículos, a visualização das imagens das câmaras presentes no local e dos dados dos radares, da recolha das declarações de todos os envolvidos, faltava adicionar o depoimento de Ivo Lucas, o jovem que conduzia o Range Rover de Sara Carreira.

Ivo Lucas foi ouvido esta semana pela segunda vez pelas autoridades, depois de já ter prestado declarações ainda no hospital em Santarém. Tal como aconteceu da primeira vez, o protagonista da novela ‘Amor Amor‘ garante não se recordar de quase nada sobre o acidente, apenas que ia a conversar com Sara Carreira antes do embate.

Passados quase 4 meses, os investigadores tinham esperança que o jovem pudesse entretanto recuperar a memória e recordar-se de alguns facto, mas não aconteceu.

Excesso de velocidade

Sem poderem contar com esclarecimentos na primeira pessoa do condutor do veículo que embateu no carro da fadista Cristina Branco — que se encontrava imobilizado na faixa do meio da A1 — as ideias do relatório fundamentam-se pelos dados fornecidos pelas câmaras de videovigilância — que mostram tudo o que aconteceu — e pelos radares de medição de velocidade da Brisa que se encontram ao longo da via.

Fica assim provado que o jipe amarelo no qual viajava Sara Carreira e Ivo Lucas rumo a Lisboa, se deslocava “muito acima” do limite legal (120 km/h) e que terá sido essa a razão pela qual o cantor não conseguiu evitar o acidente, ao contrário, do que aconteceu com outros 10 condutores que evitaram a colisão com o carro de Cristina Branco.

Ivo Lucas acusado de homicídio?

Ficando comprovado que a razão do acidente foi a “velocidade excessiva”, o Ministério Público deverá acusar Ivo Lucas pelo crime de homicídio por negligência, punido até três anos de prisão. Segundo a revista TV Guia apurou junto de fonte próxima do processo, este deve ser o próximo passo dado neste caso, mesmo que a família Carreira “não esteja interessada” em apurar responsabilidades no acidente.

Contudo, Ivo Lucas não incorre em risco de prisão efetiva, já que normalmente estes casos são convertidos em pena suspensa e aplicação de uma multa. Poderá ainda ser inibido de conduzir em consequência da violação das leis do código de estrada.

Dor de Tony Carreira não passa

Tony Carreira regressou às redes sociais três meses depois da morte da filha, Sara Carreira.

Não há palavras que possam expressar a saudade e a dor que sinto… Saudade e dor que viverão comigo até ao meu último suspiro!”, escreveu o cantor , que voltou a adiar o seu regresso aos palcos. O concerto no Olympia em Paris, em abril, foi cancelado e sem nova data.

Quanto aos concertos em Portugal, foram reagendados para o final do ano. A 2 de outubro irá atuar no Multiusos de Guimarães, e a 16 do mesmo mês no Coliseu de Elvas. A 6 de novembro atua no Super Bock Arena, no Porto, estando o seu regresso ao mítico Altice Arena marcado para 27 de novembro.

Leia também: Goucha e Tânia Ribas de Oliveira respondem a críticas de Agir

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News