fbpx
Resumos SIC

Por Ti: resumo dos próximos episódios

Por Ti

 

Episódio 64

 

 

Destaques

Orlando é humilhado na missa.

Afonso não consegue esclarecer com Luísa o equívoco do noivado.

Rui conquista os habitantes com o arraial e a oferta de aspiradores.

Tó chama por Mary que já não está, mas deixou-lhe uma mensagem no espelho que diz “a vida é curta”. Tó fica a anotar na sua caderneta que esteve com uma terapeuta, diz para si mesmo que este é um cromo difícil.

Constança entra no salão, vem pintar as raízes com o dinheiro que diz ter encontrado, vê o retrato robô e sonda Armanda que diz que lhe parece ser uma mulher feia como os trovões. Mia aguarda Amélia, que chega e mostra-lhes o soutien que encontrou no confessionário. Comentam o tamanho do soutien, a quem pode pertencer e que Miguel vive agora na capela. Armanda diz que ele é um totó que não ia andar às cambalhotas no confessionário.

Pela manhã, Rui mostra-se carinhoso, Helena levanta-se apressada a dizer que tem trabalho. Rui insiste com ela para acompanhá-lo ao arraial. Helena sente-se culpada e diz que vai, mas pede que não a ponha a distribuir aspiradores.

Na tasca, Tosso serve um café a Armanda, que acabou de entregar o soutien a Xana, que o põe à frente do peito. Armanda diz que também não é ela. Xana lança a confusão ao falar de alguém que se queixou que o padre não a atendeu porque estava muito animado a falar com Dulce na igreja. Tosso confirma que eles passam muito tempo juntos na tasca.

Dulce comenta que não quis puxar muito por Eugénio. Neca acaba a encomenda dos napperons. Armanda entra no posto com o soutien, diz que o local mais parecido com os perdidos e achados que conhece. Pergunta se conhecem alguém a quem possa pertencer o soutien e Dulce envergonhada diz que é dela, não faz ideia como foi parar à igreja.

Mia recebe a mensagem de Tó e fica confusa ao ler “Plano em marcha. Não tens de quê” acompanhada de um emoji a piscar o olho. Tenta ligar-lhe.

Luísa entra no quarto à procura de alguma coisa em cima da cama, mas o seu olhar vai até ao espelho (Não vemos o que está escrito no espelho). Luísa aproxima-se e fica boquiaberta.

Helena está à espera de Paulo, que se aproxima. O ambiente é de tensão e desconforto. Confirmam se deixaram os carros estacionados afastados um do outro. Paulo entrega-lhe o brinco que Mia encontrou, diz que Dieter disse que era de Lara. Helena fica preocupada, mas Paulo tranquiliza-a, diz que Dieter não vai falar. Ela diz que não podem continuar a fazer isto. Paulo diz que não consegue deixar de pensar nela e beija-a. Ela deixa-se ir por momentos, mas afasta-o. Paulo não a quer perder.

Luísa radiante ao ver Afonso chegar ao lobby, diz que andava à sua procura para lhe responder à bomba que largou. Afonso não percebe nada da conversa. Ela diz que sim, aceita casar com ele e abraça-o de felicidade. Afonso está em choque.

Helena já não se imagina a fingir que não o conhece e que não sente nada por ele. Paulo lamenta no passado, ter ido embora sem falar com ela, diz que hoje não era capaz de a trair.  Helena sublinha que é o que estão a fazer hoje, vai ao arraial e não suporta ter de fingir que está tudo bem ao lado de Rui.

Luísa radiante com o pedido de casamento, enquanto Afonso procura uma forma de desfazer o equívoco, mas ela não o deixa falar e diz que ter escrito o pedido no espelho foi muito romântico. Bernardo fica a ouvir a conversa e intromete-se quando Afonso vai para dizer que deve haver algum engano. Constança e Rita também aparecem e ficam todos a saber. Afonso continua a tentar falar, mas não consegue com a euforia de todos a falarem ao mesmo tempo, quando consegue a atenção de todos entra Miguel a quem Bernardo pede para tratar de marcar o casamento.

Na capela entram pessoas para a missa. Orlando, indignado, olha para o soutien que Dulce lhe mostra, a medo. Dulce tem a certeza de que lhe roubaram o soutien e isto é um plano para os tramar, só não sabe se a ela ou a Orlando. Isabel e Xana entram e lançam um olhar reprovador aos dois. Orlando pensa em falar com Amélia que encontrou o soutien. Dulce diz-lhe que Armanda também sabe.

Armanda acusa Ofélia de ter roubado o soutien vermelho, mas esta nega. Armanda diz que anda de olho nela, não quer que roube as pessoas da terra. Ofélia vai para sair, mas volta atrás porque vê a filha e acha que está ali para a apanhar. Armanda manda-a enfrentá-la e dizer que é dona da sua vida. Ofélia tenta ser determinada e fazer o que Armanda diz.

Dieter fica preocupado com Mary porque ela podia ter avisado que não ia dormir em casa. Mary fica agradada, mas logo muda de humor ao ver a cumplicidade de Dieter e Lara.

Tatiana e Armanda, aparentemente sós conversam sobre Ofélia. Tatiana diz que Arlete a avisou que a mãe esteve em casa dela. Armanda mente e diz que não sabe onde está Ofélia. Tatiana pede para a avisar se vir a mãe e sai. Ofélia aparece e agora não sabe o que fazer e onde dormir pois já não volta para casa de Arlete. Armanda diz que a ajuda a solucionar o problema, mas agora tem de ir para a missa. Deixa-a ficar no salão fechado e pede para não roubar nada.

Mia deixa mensagem a Tó, tem medo de descobrir o que fez por ela e por essa razão já lhe ligou dez vezes. Miguel toca à porta insistentemente, entrega-lhe as cartas e diz que está atrasado porque esteve a brindar com os noivos no turismo. Mia fica em choque ao ouvir que Afonso pediu Luísa em casamento.

Bernardo enche novamente os copos de todos, para um novo brinde e termina o espumante. Afonso quer falar com Luísa, mas nem ela nem a família dela lhe dão hipótese. Renata e Nuno entram e estranham o beberete. Bernardo diz-lhes que Afonso e Luísa vão casar, Renata dá-lhes os parabéns e Afonso está cada vez mais atrapalhado. Bernardo leva Afonso para a zona dos quartos para ele ver o fato casamento que vestiu no casamento com Constança e que já vem do pai dele.

Nuno fala do casamento, mas Renata não quer saber desse assunto para nada, quer é certificar-se que Paulo e Dieter não vão ao arraial de Rui. Manda Nuno ir meter ratos mortos no esgoto da loja Bio, diz que o cheiro nauseabundo que causar na loja vai ser suficiente para os manter afastados do arraial. Nuno diz que não toca em ratos mortos e tem um vómito, mas cala-se perante Renata que diz que é uma ordem.

A missa vai a meio e o burburinho entre os fiéis não pára. Xana interrompe a missa e diz que está a falar de Deus e pecados e pede explicações a Orlando sobre o soutien de Dulce. Orlando diz que isso não é assunto de Deus, mas delírio dos homens e podem falar sobre isso no final da celebração. Xana instrumentaliza Covas, que alcoolizado, começa a falar alto sobre o assunto. Isabel defende Orlando que nunca deu razões para pensarem que ele tem atitudes menos corretas. Xana sai, junto com outros fiéis e Armanda diz que se Orlando não se justifica também não está ali a fazer nada. Todos começam a abandonar a missa.

Constança dá os parabéns à filha e pede desculpa se não apoiou o namoro no início, achou prematuro. Luísa gostava de dar um presente a Afonso que simbolize o amor dela por ele. Pensou em plantarem uma árvore juntos ou uma bicicleta de dois lugares, mas vai a Vila de Passos ter ideias.

(conclusão)

Tags
Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>