Resumos TVI

«Louco Amor»: resumo de 14 a 20 de janeiro

Louco Amor

Louco Amor

Episodio 211

Carlinha é mais atrevida do que Tomás alguma vez sonhara e envolvem-se os dois de uma forma selvagem. Depois de fazerem amor, Carlinha diz a Tomás que ainda não viu nada. 

Carlinha e Tomás regressam ao café e Patrícia entra logo a seguir. Pergunta a Tomás se Carlinha agora está sempre ali enfiada, mas esta não se fica e quer saber o que Patrícia tem a ver com isso. Esta responde que não gosta de pacóvias e Carlinha ri-se: os homens parecem gostar, Duarte preferiu uma pacóvia e agora Tomás também. Patrícia não aguenta a provocação e dá um estalo a Carlinha, que lhe dá dois em troca. Tomás não consegue conter o riso. 

Carlos acha que a única solução para a guerra entre Graça e Violeta é se esta entregar a gerência. Violeta nem acredita no que está a ouvir, mas Carlos ainda não acabou: Graça fica com um mês de prazo para apresentar melhores resultados que Violeta. Se não conseguir, terá de ficar acordado que Violeta continua a gerir sem qualquer tipo de interferências. Violeta fica pensativa, talvez seja essa a solução. 

Berta sente-se de novo mal frente a Chico e este decide levá-la ao hospital, mas ela recusa-se e começa a chorar. Diz-lhe que prefere não saber o que tem, está receosa que seja algo incurável. Chico não lhe dá escolha, vão sofrer mais se ficarem na ignorância. 

Violeta acha que Graça não vai aceitar a proposta e Carlos diz-lhe para falar com Rafael. Se for ele a falar com Graça, esta vai pensar que é um esquema dele e que não pode perder. Violeta tem receio que o tiro lhes possa sair pela culatra e que Graça se revele uma gerente melhor que ela. Carlos tranquiliza-a: Sem experiência e tempo de preparação, Graça nunca será bem-sucedida. 

Graça pede a Lourenço que cancele todos os eventos na Broadway, mas ele fica reticente, vai ficar malvisto perante os clientes. Graça dá-lhe a escolher, ou os clientes ou ela. Lourenço acaba por aceitar, vai cancelar tudo sem avisar Violeta. 

Patrícia e Carlinha competem no café pela atenção de Tomás e atropelam-se uma à outra com diferentes pedidos. 

Rafael fala com Onofre e diz-lhe que precisam de um plano para que os empregados da quinta retomem o trabalho, senão poderá ser o fim¿ para ambos. 

Margarida, Riky, Bia e André entram no Café do Óscar e dão de caras com Patrícia e Carlinha. Tanto Patrícia como Carlinha começam a descompor Margarida, sem se deixarem de atacar uma à outra. A confusão instala-se, com Elsa a dizer que vai pôr toda a gente na rua. Os ânimos só acalmam quando chega Carlos. 

Violeta fala a Rafael da proposta e este decide que vai tentar que Graça aceite. Violeta diz que têm de redigir um contrato, não quer que Tomás regresse e Graça não poderá contratar nem despedir ninguém. São essas as suas condições. 

Já no hospital, Berta começa a ficar ansiosa com a espera. Diz a Chico que não aguenta mais e que se vai embora. Chico agarra-a por um braço, não pode permitir que isso aconteça, nem que tenha de avisar o pai dela. Berta fica muito séria e avisa-o: se ligar para o pai, nunca mais lhe fala.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close