fbpx
Big Brother TVI

Teresa Guilherme corre ‘Pipoca’ das galas do Big Brother

Pipoca Mais Doce Ana Garcia Martins
Reprodução TVI

Teresa Guilherme não quer que Ana Garcia Martins (Pipoca Mais Doce) esteja nas galas do ‘Big Brother – A Revolução’.

A blogger foi presença assídua na edição anterior, com Cláudio Ramos no principal papel. Contudo, não é desejada pela nova anfitriã. De acordo com informação apurada pela Flash, a apresentadora exigiu que ‘Pipoca‘ não estivesse presente em estúdio, já que pretende galas à moda antiga.

Ainda assim, a comentadora não fica de fora do reality-show. Este tipo de função será para manter no formato cuja estreia está agendada para o próximo domingo, 13 de setembro.

Leia também: Mulher que abandonou bebé: “Coloquei-o no lixo para alguém o encontrar”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

2 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Devia-se sugerir á TVI que mude o nome para TVI MEMÓRIA. Em vez de inovarem, pensarem no futuro, aplicam receitas antigas, já cansativas e que já deram o que tinham a dar e tiveram o seu tempo. Começando pela apresentadora. Do mais o mesmo. Se daqui a 15 anos ainda quiserem fazer reality show’s, vão buscar a Teresa de bengala ou de andarilho.Deviam apostar nos mais novos e o Cláudio deu bem conta do recado e foi líder de audiências .Afinal, as ideias da nova directora de entretenimento é mudar as pessoas que apresentam os programas, numa de compadrios, cunhas, amiguinhos e vingançazinhas ou de simpatias ou de antipatias. Não de mérito. Assim como pelos vistos certos programas só dão uma maquilhagem diferente. Não há capacidade de inovar. Coisa que eu disse da Cristina quando ela disse que ia para a SIC fazer o programa que sonhava e na volta não passava de uma cópia do Você na TV, com as mesmas rubricas.Só teve um cenário e uma maquilhagem diferente. A essência era a mesma. No fundo, não passava de um programa para vender a sua marca e os seus produtos sem pagar milhares de euros em publicidade nos intervalos dos programas

    • Adorei o comentário. Inovar em Portugal parece ser difícil nos dias de hoje. Sempre a mesma receita que já enjoa a muita gente: novelas genéricas, programas tipo Ídolos, Casa dos Segredos e Somos Portugal. Tantos jovens talentosos e só mais do mesmo.

ATV News