fbpx
TVI Cristina Ferreira

Mário Ferreira: “A TVI e o grupo Media Capital não são a Cristina Ferreira”

Mário Ferreira, Cristina Ferreira, Tvi
Redes Sociais

Mário Ferreira diz que Cristina Ferreira não simboliza toda a TVI e garante que a diretora de Entretenimento e Ficção tem de ouvir críticas quando está nas reuniões.

A contratação de Cristina Ferreira, no verão de 2020, aparentou ser uma autêntica machadada na SIC e na intensa guerra de audiências entre este canal e a TVI. Um ano depois, a liderança mantém-se em Paço de Arcos.

Em entrevista à revista Visão, Mário Ferreira, presidente do Conselho de Administração da Media Capital, garantiu que nunca existiu o pensamento de que era só colocar Cristina Ferreira e a vitória estava assegurada.

Isso não é bem assim e nem nunca foi esse o nosso pensamento. Isso é o que se lê nas capas das revistas da especialidade, que inventam tudo o que é possível. Do género: ‘Cristina Ferreira despediu não sei quem; contratou não sei quem.’ Na maior parte das vezes não é nada assim. A TVI e o grupo Media Capital não são a Cristina Ferreira“, frisou.

A Cristina Ferreira é um grande ativo, que estes investidores e este conselho de administração querem proteger e promover. Agora: é um ativo, como são os outros“, continuou.

Pelo facto de ela ser acionista não deixa de ser tratada como o ativo importante que é e a diretora que é. Ela, quando está nas reuniões do conselho de administração, tem de ouvir as críticas, se existirem“, acrescentou ainda Mário Ferreira.

O também dono da Douro Azul referiu também que o balanço atual é positivo. “O nosso prime time, que é onde está o dinheiro da publicidade, subiu muito! E é importante que continue a subir, porque as receitas de publicidade são aquilo que alimenta o negócio e a estação e continuarão bem. Nunca tivemos a expectativa de que fosse só entrar e já está“, explicou.

Sobre se foi dele a ideia de contratar Cristina Ferreira, Mário Ferreira respondeu desta forma. “Foi uma decisão arrojada, foi um investimento elevado, mas que se está a pagar muito bem. Quando dizem – ‘Ah, o projeto não teve não sei o quê…’ -, poderá acertar nuns e não acertar noutros. Faz parte da vida, como em tudo. Estamos contentes com a decisão“, atirou.

Na mesma entrevista, o empresário foi questionado sobre uma eventual desilusão em torno do trabalho desempenhado por Cristina. Negou.

Claro que não. Estamos desiludidos é com a tentativa, que felizmente está a abrandar, do assassínio de caráter que foi feito à Cristina, pela sua mudança [da SIC para a TVI]. Na altura havia dois grupos que se uniram contra nós também nesse sentido. Ela foi bastante injustiçada“, disse ainda Mário Ferreira.

Leia também: Luís Osório arrasa Katia Aveiro: “A profissão da irmã de Cristiano é ser irmã de Cristiano”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

3 Comentários

Clique aqui para comentar

  • É injusto o que disseram sobre a C.F.? e não é injusto mandar embora profissionais de LUXO, como a Fátima Lopes, Lourenço Ortigão, e outros tantos, que foram tratados como lixo e colocarem só os “amigos incompetente” da C.F.? por amor de deus, deviam ter mais respeito pelos telespectadores, isso sim, já dá Náuseas ver os programas da TVI, sempre os mesmos, as oportunidades são sempre para os Amigos, sem experiência, sem empatia para quem vê ou via (meu caso), pessoas sem apresentação, sem dicção, isso sim é um ERRO e dos grandes, simplesmente é vergonhoso!

    • a sonsa da fatima é que quis sair bem como o Ortigao, fizeram as suas escolhas.
      a catia é mais uma a juntar ao rol das pessoas que escolhem CF como alvo, ainda nao tiveram capacidade pra perdoar a saida da sic.
      E depois como diz Mario Ferreira juntaram.se dois grupos (quem nao sabe que sao a cofina do deploravel cmtv e a impresa da sic ressabiada.

      • És tão triste. Não consegues ver o que é óbvio. Ela além de prepotente julga-se a dona do mundo. Parece o Marco Paulo

ATV News