fbpx
TVI Big Brother

Cláudio Ramos teve dúvidas sobre dupla com Teresa Guilherme: “Estava com algum receio…”

Big Brother - Duplo Impacto, Cláudio Ramos, Teresa Guilherme
Instagram

O apresentador espera ser chamado por Cristina Ferreira para voltar a assumir o comando do novo ‘Big Brother’. Cláudio Ramos pode estar sozinho ou em dupla.

Depois de ter trocado elogios com Teresa Guilherme, que lhe disse não se imaginar a apresentar mais nenhum reality show sem o ter ao seu lado, Cláudio Ramos falou sobre a nova edição do ‘Big Brother’.

Em declarações à TV 7 Dias, o apresentador afirma que “a Teresa foi muito generosa. É um elogio muito simpático. As pessoas tanto disseram que nós estávamos contrariados naquela altura em que fomos fazer juntos, acho que é uma forma dela mostrar que não, que a verdade é aquela”.

Cláudio Ramos confessa, agora, que também ele teve dúvidas sobre esta dupla com Teresa Guilherme. “A Teresa já fazia aquilo há muitos anos e eu era a primeira vez que estava a fazer uma dupla e com ela. Eu estava com algum receio, mas ficou desfeito logo na primeira semana”, explica, revelando um segredos dos dois.

“O que combinámos sempre os dois foi, ‘independentemente do meu ego, do teu ego, o importante, se é que há, o importante é o domingo e o telespectador’. E ele gostou desde a primeira semana e nós fomos criando o nosso bolo, foi uma coisa misturada. Correu bem do princípio ao fim”, revela.

Após o ‘Big Brother – Duplo Impacto’, a TVI já prepara a nova edição do reality show para setembro. Apesar de ainda não ter sido convidado para apresentar, Cláudio Ramos afirma: “Sou um soldado ao serviço de uma estação e estou preparado para aquilo que a estação entender. Mas até agora
ninguém me disse nada”, remata.

‘Dois às 10’ “está a correr melhor do que eu imaginava”

Nas manhãs da TVI desde o início de janeiro, o apresentador analisa o seu programa ‘Dois às 10’, que conduz com a amiga e colega Maria Botelho Moniz e que ainda não vence nas audiências, mas que na sua opinião, convence. “Está a correr melhor do que eu imaginava. Primeiro o programa satisfaz-me por inteiro — quem olha para os gráficos vê que é altamente competitivo. Temos a noção que temos e queremos crescer mais, mas olho para os gráficos, que vejo sempre, e vejo que é competitivo. É uma luta. Há partes de liderança de um lado, há partes de liderança do outro”, começa por analisar.

“O nosso concorrente mais direto obviamente que é a SIC, mas não podemos descurar nenhum deles. Estamos em competição e isto é um campeonato”, acrescenta.

Apesar de reconhecer a importância dos números, Cláudio Ramos diz que não trabalha para eles em primeiro lugar. “Eu trabalho para as pessoas, porque merece-me respeito um telespectador ou um milhão. Essa é a minha filosofia. O principal é eu sair daqui à uma a dizer ‘eh pá, resolvemos a vida de unia pessoa, pusemos uni sorriso’, isso é o mais importante. Números? Queremos ganhar, claro, isto é uma estação privada e trabalhamos para isso!”

Leia também: Após mergulhar no gelo, Cláudio Ramos fica com soluços durante mais de 24 horas

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News