fbpx
Resumos SIC

Por Ti: resumo dos próximos episódios

 

Por Ti

 

Episódio 65

 

 

Destaques

Afonso não consegue esclarecer com Luísa o equívoco do noivado.

Rui conquista os habitantes com o arraial e a oferta de aspiradores.

Mia confessa o seu amor a Afonso e pede que não se case.

 

Na tasca falam do soutien de Dulce, Neca acredita na sua inocência. Tó vem entusiasmado e fala com Mia que o plano dele vai resultar porque Afonso nunca quis casar e vai acabar o namoro. Mia está chateada com Tó porque Afonso e Luísa já anunciaram o noivado, fica de lágrimas nos olhos e Tó, incrédulo, abraça-a e diz que vai remediar o que fez.

Afonso farto de os ouvir falar do casamento só quer saber onde está Luísa. Constança diz que ela saiu para ir a Vila dos Passos tratar de assuntos do turismo.

Matias e Rui falam do boato sobre Dulce e Orlando. Helena fica tensa com a referência a palavra amante. Rui está pronto para o arraial, Helena pede-lhe que não arranje confusão.

Mónica insiste com Paulo para ir ao arraial apoiar Mia, não sabe do que Rui é capaz. Paulo fala em ir ao fornecedor dos morangos, mas Mónica diz que ainda há muitos na banca e ele acaba por dizer que vai ter ao arraial. Nuno entra com ar enojado com um saco, certifica-se que ninguém o vê e segue para a casa de banho do bar.

Armanda arranja as unhas a Renata e pede que não diga a Amélia, que não pode saber que trabalha por fora com material do salão. Renata recebe a chamada de Nuno que lhe diz que já fez o que Renata pediu. Esta pergunta a Armanda se sabe em quem vai votar, mas ela está indecisa. Manipula-a para votar em Rui justificando que vai ter condições para abrir o seu salão.

Afonso conta à mãe e à avó o equívoco do pedido casamento. Amélia não se admirava que tivesse sido Bernardo. Afonso diz que casar não faz parte dos seus planos e nem tem a ver com Mia. Diz que não vai ao arraial pois não quer que o pai pense que o apoia.

Afonso visita Eugénio que lhe agradece por o ter salvo. Afonso tenta saber porque o chamou à ponte naquele dia, mas Eugénio diz que não se lembra. Afonso insiste, devia ser importante para ter chamado Renata também. Eugénio diz que a vida é sábia e seja o que for vai acabar por chegar até ele para saber.

Há várias mesas espalhadas pelo largo onde vários convidados já estão sentados. Rui fica a saber por Bernardo, que o filho vai casar com Luísa. Acha prematuro e fica a pensar que Afonso quis roubar-lhe o protagonismo ao anunciar o noivado no dia do arraial. Helena não quer acompanhar Rui para evitar cumprimentar Mónica e Mia. Renata satisfeita ao perceber que Paulo não veio ao arraial.

Afonso incrédulo a olhar para o espelho a pensar quem poderá ter escrito. Helena liga-lhe a contar que os supostos sogros acabaram de os convidar para um jantar esta noite, diz para resolver as coisas porque pelo andar que o noivado leva ainda casam já amanhã. Afonso diz que vai resolver, está só à espera de que Luísa chegue para falar com ela.

Paulo tenta perceber de onde vem o cheiro nauseabundo. Um casal de clientes sai da loja. Dieter e Lara também não aguentam. Paulo fecha a loja e liga a Mónica a avisar que vai ficar na loja porque há qualquer coisa nos esgotos e tem de descobrir o que se passa. Mónica diz a Mia que o pai já não vem.

Rui discursa sobre ser a pessoa certa para cuidar de Rio Meandro, aproxima-se de um lençol que cobre uma pilha de caixas e puxa-o mostrando os aspiradores que tem para oferecer a cada um dos habitantes, pede ajuda a Helena, mas ela diz que é melhor pedir a Tosso. Renata oferece-se. Tó fala com Mia e diz que ela devia tê-lo ouvido porque podia ter evitado o noivado. Mia diz que já têm jantar marcado com os pais e Tó diz que vai falar com Afonso. Mia tenta detê-lo e Tó questiona-a se vai deixar o amor da sua vida casar. Mia não responde.

Afonso aguarda Luísa no lobby da casa de turismo. Ela chega com um saco e não o deixa falar, diz que agora é hora de ser ela a surpreendê-lo e entrega-lhe o saco. Nesse momento Luísa bate duas palmas e ao seu sinal, Matias e dois elementos da banda filarmónica, entram a tocar uma melodia de baile com Constança e Bernardo a dançarem. Afonso fica sem reação e olha incrédulo para Luísa. Recebe uma chamada para ir lá fora sozinho e sai.

Afonso sai do turismo, olhando em volta, de telemóvel na mão. Procura alguém, mas não vê ninguém. Afasta-se e continua atento achando tratar-se de uma partida, desiste e faz menção de voltar ao turismo. Mas atrás de si surge alguém. É Mia, que ganha coragem e pede-lhe para não casar porque o ama. Afonso surpreso não responde e olha-a apaixonado. Num impulso, Mia beija Afonso.

Rita juntou-se aos pais e reclama porque ela não pode tocar, mas a banda já pode. Matias, entusiasmado com o casamento do neto, dá ordem à banda para voltar a tocar. Luísa vai procurar Afonso.

Afonso e Mia separam-se, ainda assoberbados pelo beijo. Continuam muito próximos e Afonso faz uma carícia no rosto de Mia que se afasta, atrapalhada. Afonso pergunta se é verdade que ela o ama e Mia confirma, vão para se beijar de novo, mas sabem que não o devem fazer. Luísa chama-o e Afonso pede a Mia que se esconda. Luísa aproxima-se e fala em assistir à banda. Afonso vai para falar, mas Luísa cala-o com um abraço. Mia escondida, fica a ouvi-los arrasada.

Bernardo e Constança continuam a dançar. Mary entra e tenta pedir um quarto, mas não a atendem e ela acaba por sair. Afonso e Luísa chegam, ele diz que têm de falar, apreensiva, Luísa assente. Afonso sai para os quartos à espera dela.

Miguel ajuda Orlando a arrumar o altar do dia seguinte e pergunta-lhe se agora percebe o que é ser injustiçado. Orlando diz que só vai perceber se o Miguel disser que acredita na inocência dele, tal como ele disse à Isabel que acreditava na inocência de Miguel. Diz que chegou a desconfiar que Miguel tivesse colocado o soutien porque já incriminou pessoas no passado. Miguel lembra-se da câmara de filmar que instalou na capela e conta a Orlando que andava à procura de saber quem escondia a cruz. Orlando reage, mas depois fica interessado em saber onde está a câmara.

Paulo diz que estavam três ratos mortos no esgoto, mas já tratou de os tirar, agora é abrir as janelas todas e esperar que o cheiro nauseabundo desapareça rapidamente. Lara satisfeita porque Mary saiu da casa de Dieter, embora ele ache a saída dela estranha e repentina.

(conclusão)

Tags
Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>