fbpx
SIC

“Morrem os idosos porque iam morrer de qualquer maneira? Que raio de ética é esta?”

Vice-Almirante Henrique Gouveia E Melo, Alta Definição, Sic, Pandemia, Covid-19, Idosos
Instagram

O vice-almirante Henrique Gouveia e Melo rejeita a ideia de que os idosos não devem ser protegidos durante a pandemia. “Iam morrer de qualquer maneira? Que raio de ética é esta?”, questionou.

O ‘Alta Definição’ do próximo sábado, na SIC, tem como convidado o vice-almirante Henrique Gouveia e Melo. Em entrevista a Daniel Oliveira, e num vídeo promocional que foi entretanto divulgado, o responsável pela task force de vacinação critica aqueles que acham que a pandemia só mata os mais idosos e que estes, por já serem idosos, iriam morrer em breve de uma forma ou de outra.

Acho que houve períodos em que podíamos ter tido mais cuidado em conjunto. E tendo esse cuidado podíamos ter protegido e salvo, eventualmente, três, quatro, cinco, seis mil vidas“, disse na entrevista.

Muitas vezes, nós pensamos: o senhor é idoso, morreu com 80 anos. E há uma ideia subjacente a isto muito má, que é: uma hora de vida de um idoso é menos importante do que uma hora de vida de um jovem? Porquê? Com base em que ética?“, criticou.

Todas as horas de vida são importantes. A pessoa deve ter dignidade enquanto vive. Deve ter direito à sua vida. Não podemos relativizar isto: morrem os idosos porque iam morrer de qualquer maneira. Que raio de ética ou de moral é a nossa se começarmos a pensar assim?“, acrescentou ainda o vice-almirante Henrique Gouveia e Melo.

Desde que foi declarada a pandemia, em março de 2020, já morreram mais de 18 mil pessoas em Portugal vítimas do novo coronavírus.

Leia também: Concorrente de ‘The Voice Portugal’ esteve “internado 11 dias” após contrair a Covid-19

Globos De Ouro, Henrique Gouveia E Melo
Instagram
Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News