fbpx
SIC

Daniela de Hell’s Kitchen sofreu muito. Irmã conta todo o drama da concorrente

Daniela-Hells-Kitchen-Sic

Irmã de Daniela, candidata de ‘Hell’s Kitchen’, da SIC, revela todo o drama da concorrente e como a cozinheira superou um tumor cancerígeno.

Daniela de ‘Hell’s Kitchen’ é uma força da natureza. A jovem esteve mais de um ano em sofrimento até que lhe foi detetado um adenoma cancerígeno no sistema digestivo. Nessa altura, emagreceu, refugiou-se na cozinha e superou a doença.

Na segunda semana de ‘Hell’s Kitchen’, Daniela enfrentou o chef Ljubomir Stanisic. Quem a conhece, destaca-lhe o foco com que sempre seguiu a sua vida. “Desde pequenina que ela sempre foi muito focada. Sempre quis ser boa aluna e estudava muito”, revela a irmã, Andreia, à revista Tv Mais.

O gosto pela cozinha surgiu com a colaboração do pai e do avô Álvaro. “Eles gostavam muito de ir comer fora. A minha irmã acompanhava-os e sempre gostou. Desde pequenina, com 6, 7 anos, já ia com eles a Ponte de Lima, à Mealhada para almoçar, jantar”, lembra. Em criança, Daniela passou por uma grande dor: a perda desta avô.

“Éramos muito pequeninas, a Daniela devia ter 8 ou 9 anos. E o meu avô morreu de doença prolongada. Fomo-nos muito abaixo, porque víamos a minha mãe a ir ao hospital para as visitas. Foi uma fase muito complicada”, recorda Andreia.

Poucos anos mais tarde, as duas irmãs voltaram a passar por um tumulto, quando o casamento dos pais chegou ao fim. Algo que deixou marcas nelas. “Nós percebemos que assim era melhor, eles vieram ter connosco, disseram que se iam separar e nós aceitámos. Queríamos que eles estivessem bem”, diz a irmã da concorrente de ‘Hell’s Kitchen’. “O nosso pai trabalha muito, anda sempre ao telemóvel, não pára quieto. E estávamos pouco tempo juntos, por causa do trabalho dele. Mas aprende-se a lidar com tudo, não ficam traumas”, conclui.

Porém, um dos grandes desafios da sua vida chegaria aos 24 anos. “A Daniela esteve muito doente e sofreu muito. Perdeu muito peso, porque levou imenso tempo a descobrir o que teria. Foi tudo de repente”, explica a irmã da concorrente de ‘Hell’s Kitchen‘, recordando que levou mais de um ano a descobrir o que tinha.

Foi uma altura má para ela. Os meus pais estavam muito preocupados. O meu pai ia com ela a um médico, a minha mãe a outro. Começaram a vê-la emagrecer imenso, do nada ficou esquelética, pálida, a ver-se os ossos”, conta.

Até que um médico descobriu qual era a doença, cujo diagnóstico não foi bom. Daniela tinha um adenoma cancerígeno no sistema digestivo. “Teve também pólipos e por causa disso emagreceu. Mas ao descobrirem o que era, ela fez medicação e tratamentos. Felizmente, tudo correu bem. Há já algum tempo que não tem nada”, afirma Andreia.

Daniela não parou e começou a interessar-se ainda mais pela cozinha, até que decidiu lançar a sua empresa de catering e doçaria. Contudo, há ainda outro sonho por realizar: “Ela quer muito ir estudar para a Le Cordon Bleu em França, na vertente pastelaria. Só que aquilo é muito caro, para além das despesas de ter de lá viver. E também gostava muito de ter um programa de televisão”, diz Andreia.

Leia também: Ana Cristina do ‘The Hell’s Kitchen’ viveu relação de horror: “Batia-me muito…”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News