fbpx
SIC

Ana Rocha de Sousa recorda dia em que foi violada “de forma muito brusca, repentina e agressiva”

Júlia Pinheiro, Ana Rocha De Sousa

Ana Rocha de Sousa deu uma entrevista a Júlia Pinheiro e a atriz falou abertamente sobre o episódio de abuso sexual aos 17 anos.

Ana Rocha de Sousa surpreendeu tudo e todos ao revelar que foi vítima de abuso sexual aos 17 anos. Esta quinta-feira, a atriz deu uma entrevista a Júlia Pinheiro, no vespertino da SIC e falou abertamente sobre este episódio traumático da sua vida.

“Comecei a perceber que as coisas não estavam bem arrumadas nas minhas gavetas quando casos públicos me começaram a afetar”, começou por dizer. “Acho honestamente que a minha própria história não é um bom filme”, lamenta.

A também realizadora confessa que durante anos tentou apagar dos seus pensamentos a violação de que foi vítima. “Acho que existe uma espécie de proteção física e psicológica que se tornou maior em mim”, afirmou.

Questionada por Júlia Pinheiro se este abuso lhe retirou algo, Ana Rocha de Sousa confessa: “Não sei, porque só depois de ter falado no Tivoli é que, verdadeiramente, comecei a lidar de frente com isto. A importância de falar e de comunicar, para mim, esteve sempre mais associada aos outros do que a uma necessidade minha. Nesta fase da minha vida é muito fácil de compreender que a última coisa que faria sentido era aparecer a falar sobre isto”.

Sobre o facto de as pessoas falarem da necessidade de as vítimas dizerem o nome do abusador, a atriz, de 42 anos, afirma que não o faz porque não pode. “Não se trata de proteger ninguém, como é óbvio. Gostava muito de dizer o nome dessa pessoa por uma razão simples: Todos deveríamos ter o direto de saber o risco que algumas pessoas correm na presença de…”.

Julia-Pinheiro-Ana-Rocha-De-Sousa-2

O dia em que foi violada

Durante a conversas com Júlia Pinheiro, Ana Rocha de Sousa recordou que conheceu o abusado num dia em que estava a passear com os pais. “Vi um cartaz que aquela pessoa iria estar ali para uma sessão de autógrafos e fiquei na fila para lhe agradecer o facto de me ter respondido a algumas questões, por fax. Essa pessoa não sabia que me tinha ajudado”.

Os dois não se conheciam e o alegado abusador retirou-a de uma fila cheia de gente. Pessoalmente, Ana agradeceu-lhe e ele elogiou a sua beleza, pendido para que ela lhe ligasse. O pai da atriz que assistiu a tudo não gostou do que viu e fê-la prometer que só ligaria se fosse à frente dele. Ana Rocha de Sousa assim o fez, porém, não contou que marcou um encontro. ”Tenho essa culpa. A culpa de lá ter ido”, revela, muito emocionada.

A atriz revela que foi atacada  “de uma forma muito brusca, repentina e agressiva”. “Fala-se muito sobre a questão do não. Sublinho que não é preciso, porque uma miúda petrifica… Eu não disse que não, mas o meu corpo disse que não”, afirma. Ana Rocha de Sousa conseguiu fugir e correu para a rua com todas as suas forças e só quando chegou a uma estação cheia de gente se sentiu segura. “Se viessem atrás de mim, já podia pedir ajuda”.

Leia também: Cristiano Ronaldo ultrapassa 300 milhões de seguidores no Instagram

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News