fbpx
Rubricas

Retrospetiva 2014 | Maio

2014 Retrospetiva Retrospetiva 2014 | Maio

2014 Retrospetiva

Prosseguimos a nossa Retrospetiva 2014 e agora focamo-nos no mês de maio e no que a nossa televisão trouxe nesse período. É um facto que novidades há sempre, mas alguns dos assuntos mais presentes no A Televisão e na restante imprensa nacional foram repetentes. Vejamos também as polémicas do mês.

A Áustria com Conchita Wurst venceu o Festival Eurovisão da Canção 2014, surpreendendo pela sua barba, mas sobretudo pela sua voz e que levou a alguma polémica a nível europeu. Portugal nem é à final foi…

O Poder do Amor chegou à SIC, com a condução de Bárbara Guimarães. E com ela trouxe não Fanny, que foi alegadamente impedida de participar, mas sim, Cátia Palhinha e o seu companheiro. Ambos entraram na competição deste reality show da SIC, que acabou também por não trazer os resultados e frutos desejados, pois foi batido por Rising Star nas noites de domingo.

João Baião continuou a ser o rei da festa na SIC. Neste mês deu-se a sua estreia no Portugal em Festa, que mais tarde viria a assumir de forma definitiva e relegando José Figueiras para o banco. Merche Romero foi a sua companhia, até ser substituída recentemente por Rita Ferro Rodrigues que regressava ao formato.

Tânia Ribas de Oliveira, essa, renovava o seu contrato com a RTP e, apesar dos rumores, manteve-se na estação pública.

A nova novela da TVI – Mulheres – foi apresentada, e marcava o regresso de Maria Rueff às novelas, depois de uma experiência em Vingança, na SIC, já lá vão vários anos.

Polémicas houve essencialmente duas: Teresa Guilherme que f0i «proibida» de ir à gala dos Globos de Ouro depois de ter sido convidada pela estação. A apresentadora considerou este gesto «deselegante».

Outras figuras da nossa televisão envolvidas numa polémica foram Maria Vieira e Diogo Morgado. A atriz criticou a participação do ator no Vale Tudo, o que gerou muito falatório nas redes sociais. Depois da resposta de Diogo Morgado e dos capitães do formato, Maria Vieira esclareceu as suas palavras.

O Querido, Mudei a Casa mudou de casa, transitando da SIC Mulher para a TVI, mais especificamente para a TVI Ficção, depois de cerca de 250 programas no canal de Cabo do universo SIC. As razões foram reveladas pelo produtor do formato – «melhores condições».

Foram estes, essencialmente, os acontecimentos da televisão nacional no mês de maio. Lá fora, Laços de Sangue chegava à televisão italiana.

Amanhã avançamos para junho, nesta Retrospetiva 2014.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>