fbpx
Geral

Teme pela vida! Pai de Valentina leva uma coça na prisão

Caso Valentina
Reprodução

O pai de Valentina foi espancado por um grupo de reclusos do estabelecimento prisional de Vale de Judeus, Azambuja, e teme pela vida.

Sandro Bernardo, pai de Valentina, está a cumprir uma pena de 25 anos de prisão pelo homicídio o ocultação do cadáver da filha, em maio do ano passado. Recentemente, foi transferido de um dos pavilhões da cadeia de Vale de Judeus para um outro, no mesmo local, e acabou por ser espancado a murro e pontapé por um grupo de reclusos.

A temer pela própria vida, e já depois de ter recebido tratamento médico, o homicida pediu à direção do estabelecimento prisional para ficar sempre dentro da cela. Um dos agressores já terá sido identificado após consulta das câmaras de videovigilância, segundo o jornal Correio da Manhã.

O corpo de Valentina foi encontrado no dia 10 de maio de 2020, poucos dias depois de a menina de nove anos ter sido dada como desaparecida. Foi o próprio Sandro Bernardo que acabou por confessar o crime, depois de ter sido pressionado pelas autoridades. Tinha escondido o cadáver a poucos quilómetros de casa. A madrasta da jovem, também envolvida, foi condenada a 18 anos.

Leia também: Pai da madrasta de Valentina garante que a filha era ameaçada e ela tinha medo

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News