fbpx
Famosos

Pedro Ribeiro reage à morte de Chalana: “Hoje morreu a infância…”

Pedro Ribeiro, Fernando Chalana
Instagram

Fernando Chalana morreu esta quarta-feira e deixou uma onda de saudade entre os benfiquistas, entre eles Pedro Ribeiro.

Pedro Ribeiro recorreu às redes sociais para reagir publicamente à morte de Fernando Chalana, ex-jogador do Benfica que morreu esta madrugada, aos 63 anos. Como benfiquista ferranho que é, o diretor da Rádio Comercial recordou Chalana com carinho e apelidou-o de “lenda”.

Hoje morreu a infância. Fernando Chalana foi o herói de toda uma geração de benfiquistas e amantes do futebol em estado puro. As fintas. A forma como, com um movimento do corpo, sentava os defesas (…)“, começou por escrever.

“E quando num derby meteu um golo quase da linha de fundo, para depois correr para os adeptos, desejosos de invadir o campo, em festa, daí a minutos? Eu era um menino, sentado nas escadas do estádio, a espreitar por entre os chapéus brancos de sol, aqueles em forma de ovni, para aquele extra terrestre da camisola 10”, recordou.

Pedro Ribeiro afirmou ainda que Chalana foi “o melhor” jogador que viu representar o Benfica, e que era “o maior” e de uma grande humanidade.

Chalana foi tão maior que o seu metro e 65. Foi fantasia, malandrice, infância a jogar à bola, foi génio e como todos os heróis que são humanos, foi enganado, abusado e mal tratado, deslumbrou-se e desiludiu-se. Mas foi gigante, grande e imenso como a infância“, continuou.

“Chalana, obrigado não chega para o tanto que deste aquele miúdo que ia à catedral com esperança em ver-te e a fé absoluta que uma finta tua ia acabar por resolver e deixar tudo bem. Tendo em conta a prisão interior em que viveste nos últimos anos, é com um sorriso que penso, no meio da imensa tristeza, que tu, querido Chalana, ainda tiveste engenho e arte para, com um movimento de ginga, sentares a doença e avançares para o campo agora aberto para ti, rumo ao golo. Lenda Absoluta”, apelidou Pedro Ribeiro, que terminou o texto com uma bonita nota.

Ouves o barulho ao fundo? É a multidão, rendida, a fazer-te vénias. E está lá o puto Pedro. De lágrimas nos olhos. Bom descanso, melhor número 10 de sempre“, concluiu.

Leia também: Em dia especial, Pedro Ribeiro recorda momento em que a filha desapareceu

1 Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>