fbpx
Famosos

Padre Ricardo Esteves: “Comer arroz com feijões não é duro. Duro é não ter comida”

Padre Ricardo Esteves
Instagram

Padre Ricardo Esteves transmitiu mais um dos seus ensinamentos na manhã desta terça-feira.

“Certamente, já te sobrou pão de um dia para o outro e no dia seguinte disseste: este pão está duro! E é muito provável que sim, que esteja duro. Mas pensa nisto: o pão não está duro… Duro é não ter pão”, começou por escrever o padre Ricardo Esteves na rede social Instagram.

“Parece mentira, mas somos especialistas em nos queixarmos e, na maioria das vezes, queixamo-nos sem razão, sem sentido, por coisas fúteis, por egoísmo. O pão não está duro. Sabes o que é duro? É não ter pão. Que quero dizer com isto? Que o trabalho que tens não é duro, duro é não ter trabalho. Que teres o carro riscado não é duro, duro é não ter carro. Tens o carro avariado e tens de caminhar para apanhar o autocarro, isso é duro? Não! Isso não é duro. Duro é não ter pernas, duro é não poder caminhar”, sublinhou.

“Comer arroz com feijões não é duro. Duro é não ter comida. Perderes uma discussão em algum problema familiar não é duro. Duro, e acredita que é verdade, é perder um familiar. Dizer amo-te nos olhos de outra pessoa não é duro, duro é dizer amo-te diante de uma lápide, ou cadáver, onde as palavras já não têm sentido”, recordou.

“Queixares-te não é duro, duro é não saberes ser agradecido. Hoje, é um bom dia para dares graças pela vida, pelo que tens, e não deixar que a tua felicidade dependa de algo ou alguém. A tua felicidade depende de ti mesmo e do agradecido que és pelo que tens, seja muito ou pouco. Um dia muito feliz para todos com Deus no coração”, finalizou.

Leia também: Padre Ricardo Esteves: “Há dores que parece que nos arrancam o coração do peito”

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News