fbpx
Famosos

Doente, Carlos Lopes recebe bonita homenagem de Luís Osório: “O país não te esquecerá”

Carlos Lopes

Luís Osório revelou que Carlos Lopes está doente e que por vezes fica triste, o que o levou a escrever uma bonita mensagem.

Luís Osório publicou nas redes sociais mais um ‘Postal do Dia’, desta vez dedicado a Carlos Lopes. O jornalista revelou que o atleta olímpica está doente e que praticamente não sai de casa. Como tal, para o ajudar a superar esta fase mais triste, deixou-lhe uma bonita mensagem.

“Caro Carlos Lopes. Sei que estás doente, que te é difícil sair de casa, que de quando em vez ficas triste pelo esquecimento do país, de alguns amigos que julgavas serem amigos, coisas que antes não te passavam pela cabeça”, começou por escrever Luís Osório.

“Desculpa tratar-te por tu. Acredita que não é por falta de respeito, muito pelo contrário. É mais por uma ideia de pertença, por um sentido, talvez desajustado, de proximidade: afinal, és um dos maiores portugueses da história do desporto. Como tu, talvez Eusébio e Cristiano Ronaldo. Talvez Rosa Mota. Pouco mais“, sublinhou.

Escrevo-te este postal para te dizer que não te esqueço. E, como eu, milhares de portugueses. Talvez até milhões que não se esquecem do que fizeste e do que és (…). O que fizeste é esmagador. Campeão olímpico de maratona. Campeão mundial e europeu. Dezenas de medalhas e tantos elogios ao que foste na pista, na estrada, no corta-mato. O país parava para te ver correr. Para gritar por ti“, destacou.

Luís Osório apontou algumas qualidades de Carlos Lopes, nomeadamente o seu “espírito inquebrantável” e assumiu que foi “o mais completo atleta da história do atletismo” até ao momento em que terminou a sua carreira, fazendo questão de notar que o recorde mundial da maratona foi seu “durante vários anos”.

És uma parte do que somos enquanto país. Vieste do povo e nunca te tentaste pôr em bicos dos pés. Nunca maltrataste ninguém por sentires que o peso das medalhas to permitiria. Nunca deixaste de ser humilde, de comer nas tascas, de substituíres os teus amigos de sempre por novos amigos. As vitórias não te afastaram das raízes“, prosseguiu.

Tu foste enorme num outro tempo. Num tempo de dificuldades. Num tempo até de conformismo, porque não ganhávamos nada, só no hóquei em patins, que nunca foi um desporto praticado pelo mundo. Tu foste o nosso primeiro campeão olímpico. Correste com os melhores do mundo e ganhaste. E enquanto os melhores do mundo treinavam em altitude e tinham todas as condições, tu corrias na Segunda Circular e até foste atropelado uns dias antes da glória olímpica“, recordou.

Por fim, Luís Osório deixou um agradecimento a Carlos Lopes: “Foste o primeiro, Carlos. Quando os portugueses eram apenas os que faziam bem o trabalho que mais ninguém desejava fazer, levaste-nos a acreditar que podíamos ser e fazer como os melhores do mundo. Ofereceste-nos a matéria de que se faz o orgulho. Obrigado por isso, Carlos Lopes“.

Sei que estás doente. Que raramente sais de casa. Que, por vezes, ficas triste. Não fiques. Estamos aqui. O país não te esquecerá“, concluiu.

Leia também: Luís Osório elogia Dolores Aveiro: “Os palácios não a fizeram desviar-se do seu caminho”

POSTAL DO DIA Carlos Lopes está doente, mas estamos aqui1.Caro Carlos Lopes. Sei que estás doente, que te é…

Posted by Luís Osório on Thursday, January 12, 2023

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News