Resumos TVI

“Anjo Meu” resumo de 23 a 29 de abril

Anjo Meu TVI

Episódio 269

Joana Rita informa Alípio que decidiu ficar na Tamargueira até o bebé nascer, mas depois seguirá com a sua vida. Alípio diz-lhe que ela sempre foi generosa e que está feliz com a notícia. Joana Rita conta que não seria justo afastar Alípio de conhecer o próprio filho, este diz que compreende e que não espera mais dela.

Gina conta a verdade a Hermano que, muito amargurado, diz que Sílvio sempre teve uma ambição desmedida e sem remorsos. Hermano pergunta se Sílvio também fez os outros trabalhos sujos de Madalena e Gina conta que Hermano deveria preocupar-se com o neto que é um inocente. Gina afirma que por ela, Pedro Miguel nunca saberá dos crimes do pai.

Geraldo diz a Madalena que está de saída para o Porto e esta, depois de dizer que se aproximam as eleições para a câmara, pergunta se Rogério poderá contar com o seu apoio. Geraldo pergunta porque querem o dinheiro dele e Madalena responde que Rogério é irmão dele e sempre foi tratado como um parente de segunda. Geraldo aceita apoiar Rogério, que chega de semblante carregado, informando que Rui tomou uma dose fatal de comprimidos e está no Hospital à beira da morte.

Rogério diz a Madalena que se Rui se salvar ela terá de abdicar da custódia dos sobrinhos. Madalena afirma que nem por sonhos, mas Rogério conta que irá denunciá-la se ela não o fizer. Madalena pergunta se ele quer deitar tudo a perder e Rogério explica que não precisa dela para viver, nem dos esquemas dela para concretizar os seus projectos. Madalena não perde a postura com a chantagem e mostra um anel antigo a Rogério, que fica boquiaberto por perceber que foi Madalena quem roubou as jóias do Visconde. Madalena que afirma ter roubado o cofre por amor e chantageia Rogério, dizendo que mostrará a jóia a Geraldo e afirmará que foi ele quem entregou o irmão e provocou a morte de Maria Luísa.

Zé Maria diz a Eva e Geraldo que tenciona devolver a Tamargueira aos seus legítimos donos. Eva afirma que já tinha rejeitado a mesma oferta, mas este explica que agora que Geraldo regressou é justo voltar a fazer a mesma proposta. Geraldo afirma que Zé Maria se mostrou um homem digno, mas ele na verdade não pode dar nada porque a Herdade ainda é de Alípio. Zé Maria conta que isso é uma questão de tempo e de tratar dos termos legais.

 

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close