Resumos SIC

«Dancin’ Days»: resumo de 8 a 14 de abril

Resumo Dancin' Days

Resumo Dancin' Days

212º Episódio

Bernardo convence Teresa de que a única solução que têm para evitar que Lurdes conte a Duarte que ela matou Francisco, é mesmo eliminar a empregada. O advogado dispõe-se a arranjar um plano para matar Lurdes, definindo que têm de a fazer acreditar que domina a situação.

Duarte observa Gui a arranjar Carolina para saírem e interroga-se se algum dia estará assim com o filho. Gui diz que sim para o animar, mas Duarte está em depressão e acaba por reconhecer que Teresa talvez tenha razão, quando diz que se ele tivesse mais paciência para Inês ela não teria fugido. O irmão, agastado, pergunta-lhe desde quando vai nas conversas da mãe. Duarte decide ir para casa, enquanto Gui sai com a filha para passear.

Nonô, Vera e Mariana falam de rapazes mas sem assumirem qualquer relação. Vera diz que não tem nada com Sebastião, enquanto Mariana confessa que João se revelou interessante, pela particularidade de ter conquistado uma medalha olímpica como guia do irmão que corre os mil e quinhentos metros. Já Nonô gosta de um rapaz que vende discos na feira que vão visitar antes do almoço, mas também de outro colega da faculdade. No entanto, recusa-se a assumir qualquer namoro, pois não quer descuidar-se nos estudos. As três acabam por se rir, como qualquer adolescente.

Amélia e Ester conversam sobre as agruras da vida enquanto cozinham. Ester continua preocupada com Inês, sem notícias da sobrinha. A empregada afirma que ela sabe cuidar de si e critica Alberto, por ele andar metido com jovens a tocar no meio da rua. Ester confessa que já está farto das histórias do marido na faculdade, mas também reconhece que é uma boa maneira de não se meter em mais negócios, evitando de novo a prisão. Ester acaba por se rir e mudar o assunto para o regresso de Paulo Sérgio. Amélia reforça a sua razão quando pressentia que o neto estaria muito melhor consigo.

Hernâni começa a final do torneio de pólo aquático e marca um golo. Animado pelas palavras de apoio da claque que está na bancada, incluindo Tânia, Bruno e Paulo, o segurança arma-se em fanfarrão e provoca um adversário, depois de dedicar o golo a Nicole. Esta fica babada com a atitude, mas depressa se desilude quando ele se pega com o outro jogador. A manicura ameaça ir embora. A festa de Hernâni é sol de pouca dura, pois a sua equipa sofre o golo do empate e agora, é a vez do adversário fazer chacota. Nicole engana-se e, para cúmulo, festeja o golo da outra equipa.

Sónia fica irritada porque Cristóvão a interrompe quando ela está a falar com Cátia. Cristóvão entrega um papel a Cátia, informando que se trata do contacto para um casting em que a inscreveu, dizendo que é para uma curta-metragem, com futuro nos festivais de cinema. Sónia tenta desmoralizar o chefe, questionando se ele acha que tem hipótese alguma de conquistar uma mulher como a prima. Cátia repreende a prima, enquanto Cristóvão reage ao facto de Sónia o desvalorizar em relação a Gui e também a Miguel. O rapaz diz que ela está enganada e que ainda no outro dia deu uma tareia no namorado dela. Sónia ri à gargalhada, mas Cátia aconselha-a a conhecer a história toda primeiro. A tensão entre os três instala-se.

Miguel passa pela loja de decoração e seduz Luísa a tal ponto, que ela combina recebê-lo em sua casa no dia seguinte.

O jogo de Hernâni começa a correr mal e ele arrisca-se a ser expulso pelo árbitro, já farto dos seus protestos. Tânia entusiasma-se com o jogo e agarra a mão de Paulo. Bruno, cheio de ciúmes, começa a ficar aborrecido com a empatia entre a namorada e o amigo. Nicole começa a temer que Hernâni perca o jogo.

Urbano quer sair para almoçar mas Isabel prefere ficar em casa a ver desenhos animados, confessando ao companheiro que acordou de madrugada a pensar como será quando tiverem de cuidar da criança que se propuseram adoptar. Urbano também não esconde as suas angústias, os seus medos. Ambos se aninham um no outro como que se buscassem a coragem de que necessitam.

Áurea fica amuada com Lourenço quando ele lhe diz que tem de ir trabalhar para o navio, apesar de ser Domingo e não estarem a navegar. Áurea propõe aparecer no barco depois do almoço para uma visita guiada, mas o namorado esquiva-se dizendo que o comandante tem muito mau feitio. Ela acaba por aceitar, mas lembra-lhe que tem de meter uma cunha para que Sebastião arranje emprego. Após a concordância de Lourenço, Áurea confessa que está cada vez mais preocupada com Inês, que não dá notícias.

Duarte vasculha nos pertences de Inês, procurando uma pista que possa conduzir à descoberta do seu paradeiro. Nisto, o seu telemóvel toca e ele fica perplexo com o que ouve do outro lado.

Teresa fica agradada, pois com a ajuda de Bernardo, consegue que Gui aceite que ela não tinha alternativa quando tirou a vida a Francisco, para que ele não tirasse a sua. Gui aceita esquecer o assunto, até por acreditar que Duarte nunca iria compreender que a mãe matou o pai. Teresa pega na mão do filho e na de Bernardo, como se formasse uma corrente solidária. O que Gui não sabe é que, apesar de Bernardo garantir que Lurdes é muito fiel a Teresa e que guardará segredo, tenciona matar a empregada.

Carminho queixa-se dos incómodos da gravidez, mas também se mostra curiosa para conhecer as semelhanças que o bebé terá com ela e com Jorge. Júlia lembra que Mariana tem características suas e também de Raquel, ditadas pela genética. Júlia emociona-se quando conta a Carminho que o nódulo que Raquel tirou do peito era maligno e que agora vai ter de fazer radioterapia.

Hugo aparece em casa de Raquel de manhã e desafia-a para um passeio. Como ela prefere ficar em casa, Hugo impõe a sua presença e decide ficar a fazer-lhe companhia. Raquel aceita mas fica sem saber como reagir.

Hernâni culpa o árbitro pela derrota da sua equipa na final do torneio de pólo aquático. Nicole defende que o árbitro nada teve a ver com a derrota que os Tigres sofreram, ainda por cima por nove a um. Cátia chega ao café e Nicole conta-lhe logo que a equipa de Hernâni apanhou uma tareia. Miguel aproveita para fazer troça, mas o segurança grita alto e bom som que Cristóvão o atirou ao chão. Cátia e Nicole também fazem chacota e sentem-se vingadas do mal que Miguel lhes fez. Sónia ainda apoia o namorado mas acabam ambos por bater em retirada, ao perceberem que li só podem ser humilhados.

Tânia e Paulo reconhecem que já tinham saudades de estarem os três. Bruno não acha graça e amua com ciúmes, temendo que Paulo lhe roube a namorada.

O almoço de Domingo em casa da família Galvão atrasa-se, por culpa de Alberto que também se atrasou no ensaio da tuna académica. Quando o marido chega, Ester empurra-o para a mesa para que não percam mais tempo. Amélia fica radiante por poder gritar novamente pelo neto, para o chamar para a mesa. Carminho retarda a marcha para contar a Jorge que Júlia foi ter com ela e, entre outras coisas, revelou que Raquel vai começar a fazer radioterapia.

Júlia visita Raquel e fica incomodada por encontrá-la com Hugo. Depois de ele se ir embora, Júlia tenta fazer com que a irmã deixe de se dar com ele. No entanto, Raquel mantém-se determinada em prosseguir o seu plano para voltar a pô-lo na cadeia. Júlia não fica convencida.

Nonô e Vera saúdam Mariana e consideram que ela já é uma estrela, pois que foi reconhecida como modelo da Blondie. Mariana mostra saudades de ter Carolina consigo.

Gui certifica-se de que Lurdes não contará, seja a quem for, que Teresa matou Francisco, principalmente a Duarte. Sonsa, a empregada promete a Gui manter o silêncio, jurando fidelidade total à patroa e explicando que só lhe contou a ele, por achar que a mãe precisava do apoio de mais alguém.

Bernardo fica intrigado com a conversa que Lurdes possa estar a ter com Gui. Confessa que ainda não tem uma forma de matar a empregada, mas assegura a Teresa que o que for feito, deverá parecer um acidente. Teresa mostra-se preocupada com Inês, acreditando que se ela fugiu, algo de muito grave Duarte terá feito.

Ester tenta perceber junto de Áurea, algo que lhe dê esperança de que Inês estará prestes a dar notícias. No entanto, a frustração mantém-se em toda a família.

Duarte descobre Inês num hotel de Londres. Ela fica estupefacta ao vê-lo, mas o marido explica que foi o pai dela que lhe ligou, pedindo que não se zangue com Aníbal, pois ele estava desesperado. Duarte suplica a Inês que volte para ele, prometendo que quer salvar o casamento. Inês desconfia e argumenta que ele quer é ficar com Júlia. Duarte insiste em ter o seu casamento de volta e pressiona a mulher, embora sem certeza do que possa acontecer. Inês não se mostra convencida, mas também dá mostras de não saber o que vai fazer. (conclusão)

 

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close