fbpx
TVI Cristina Ferreira

Todos os valores que Cristina Ferreira ganhou na SIC

Dia De Cristina, Cristina Ferreira
Instagram

Cristina Ferreira tem estado em isolamento após ter estado em contacto com Bárbara Bandeira e aproveitado para descansar antes da grande batalha em tribunal. A SIC exige-lhe mais de 20 milhões de indeminização pela quebra do contrato.

Para chegar a este valor milionário, a TvMais que teve acesso ao processo, revela que a estação de Paço de Arcos recorreu a uma das cláusulas em que é escrito que esta ficaria “obrigada ao pagamento de um valor equivalente ao valor do preço que seria devido até termo da duração do contrato sem prejuízo do direto a indeminização pelo eventual dano excedente“.

O processo conta ainda com as faturas milionárias que recebeu enquanto trabalhava na SIC, o contrato que foi feito, emails e ainda duas entrevistas que deu à TVI: no ‘Jornal das 8’ e no ‘Você na TV!’. Também Ruben Rua revelou que foi contactado para trabalhar com ela na TVI quando esta ainda estava na SIC.

O mesmo artigo dá conta que Daniel Oliveira enviou um email no dia 26 de junho de 2020 com uma proposta de renovação, onde a SIC afirmava pagar 90 mil euros mensais e o anúncio seria feito ao público no dia 8 de setembro.

Na altura, a apresentadora “mostrou interesse” e um mês depois “de forma absolutamente inesperada” cessou o contrato. Quanto a valores recebidos na SIC, com o ‘Prémio de Sonho’, Cristina Ferreira ganhou 60 mil euros (+ Iva). “O que lhe rendeu uma média de 3 mil 333 por mês”, afirma a revista.

O ordenado base era de 80 mil euros mensais, o subsídio de função 7.232 euros mensais, subsídio de isenção de horário 1.339  euros mensais, mais 6.23 euros por dia de subsídio de alimentação.

Mas o dinheiro ganho não fica por aqui. Todos os espaços comerciais que incluíssem a sua participação eram fonte de receita na proporção de 60% para o canal e 40% para ela. Caso Cristina Ferreira arranjasse patrocinadores era o contrário.

Quanto aos micro espaços comerciais recebiam 500 euros por cada um. Se liderasse o valor subia para 750 euros. Ou seja, Cristina Ferreira recebeu 652 mil e 500 euros, uma média mensal de 36 mil 250 euros. Quanto às chamadas de valor acrescentado,  só em abril, maio e junho de 2020, Cristina Ferreira recebeu 51 mil e 700 euros.

A SIC garante que perdeu 11 milhões e 37 mil euros só nas chamadas de valor acrescentado e após se tornar pública a sua saída várias empresas cancelaram contratos de publicidade, nomeadamente a L’oreal, Pingo Doce, Sovena, Optivisão e Century 21. A SIC alega ainda terem existido quebras no que respeita às ações comerciais.

Leia também: Cristina Ferreira – Toda a História! Um percurso de sonho com cerca de 20 anos

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News