Famosos TVI

TVI tem dois dos jornalistas mais influentes

Na véspera do Dia Mundial da Televisão foi conhecido um estudo que coloca Fátima Campos Ferreira (RTP), José Alberto Carvalho (TVI) e Alexandra Borges (TVI) no pódio dos jornalistas mais influentes em Portugal. 

Elaborado pela CISION, Omnicom e Universidade Católica Portuguesa, o estudo analisou a atuação de 45 profissionais do jornalismo “com ação mais efetiva na sociedade portuguesa”, tendo tido em conta para a elaboração do ranking critérios como: desempenho de cargos diretivos na comunicação social, presença em programas ou espaços próprios e atuação nos media sociais e digitais.

De acordo com os autores do estudo, a análise teve em conta o primeiro trimestre de 2019 com a análise a quase três mil publicações de rádio, imprensa, televisão, Facebook e Twitter.

“A presença e atividade dos jornalistas em Portugal foi mapeada através das suas produções noticiosas nos meios tradicionais e das suas publicações nos meios digitais próprios.  O estudo analisou as publicações tomando em consideração o suporte, tipo de meios, temas, estilo discursivo e género do jornalista”, pode ler-se na nota descritiva do estudo.

Dos dados recolhidos foi possível perceber que o espaço mediático ocupado pelos jornalista presentes no estudo prendeu-se com a política nacional (27%), economia e política internacional (14%). Relativamente às peças publicadas, foram analisadas a imprensa (18%), rádio (8%), televisão (41%) e internet (33%).

“No que respeita a posição editorial, a maioria dos cargos diretivos (59%) são ocupados por homens”, avança o estudo. “É também interessante ver que existe uma relação entre o género dos jornalistas e os temas tratados, com os homens a dominarem a área da política nacional, economia e desporto e as mulheres a serem as principais protagonistas na área da política internacional e sociedade”, acrescenta.

Sobre a relação direta entre temáticas e posição editorial, o estudo conclui que “a relação entre posição editorial e os temas tratados sugere que áreas como a economia ou política tendem a ser tratadas por jornalistas com cargos superiores hierarquicamente, ao contrário do desporto ou sociedade.  Estes mesmos jornalistas tendem mais para uma intervenção com tom crítico (44%) do que analítico-interpretativo (36%)”.

Ora, com Fátima Campos Ferreira, José Aberto Carvalho e Alexandra Borges no topo da tabela, o quarto lugar dos mais influentes é entregue a José Gomes Ferreira (SIC), seguindo-se José Rodrigues dos Santos (RTP) e Manuela Moura Guedes.

Miguel Sousa Tavares está em sétimo lugar, seguido por João Fernando Ramos da RTP. Carlos Vaz Marques, da TSF, está na nona posição, logo acima de Clara de Sousa (SIC). À lista juntam-se ainda nomes como o de  Pedro Pinto (TVI), João Miguel Tavares (Público/TVI), Sandra Felgueiras (RTP) e Joana Latino (SIC).

Já a influência nas redes sociais, que foi também analisada como segmento, é possível ver que Ricardo Costa (Impresa) ocupa a primeira posição do ranking, seguido de José Manuel Fernandes do Observador. Clara de Sousa (SIC), Carlos Vaz Marques (TSF/TVI), Ricardo Martins Pereira (MAGG/Observador), Nuno Matos (Antena 1), João Fernando Ramos (RTP), seguido por Henrique Monteiro (Expresso), Pedro Santos Guerreiro (Expresso) e Fernanda Câncio (DN) fecham o top 10 dos rostos de mais influência nas redes sociais.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita.Apple Store Download Google Play Download

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

ATV News