fbpx
TVI

Tozé Martinho lamenta decisões da TVI

O argumentista demonstrou à TV Guia alguma tristeza pelo facto de 2010 não ter sido um bom ano para o seu trabalho. “Fiquei sem escrever em 2010. Foi muito difícil… Não tive nenhum projecto em mãos”, afirmou Tozé Martinho à referida publicação.
Sem José Eduardo Moniz por perto, o filho de Tareka afirmou que se o marido de Manuela Moura Guedes ainda fosse director de programas do canal da Media Capital, nada disso teria acontecido. Afinal, “com o Moniz, havia outra prioridade”.
Apesar desta insatisfação, Tozé Martinho nada pode fazer, na medida em que está ligado à TVI durante os próximos anos por um contrato de exclusividade. “O meu contrato termina daqui a três anos, mas ninguém gosta de estar sem trabalhar”, revelou.

A pensar na novela que irá ocupar o lugar de Sedução, o argumentista já começou a escrever alguns episódios: “Já escrevi dois episódios e estou maravilhado. Posso dizer que é uma história urbana que se desenrola nos dias de hoje”. A Terceira Vez será gravada em várias localidades, tal como a TVI tem vindo a apostar com outras produções. No caso da de Tozé Martinho, Sintra será a eleita como a principal paisagem desta nova novela.

O argumentista afirmou ainda que escreveu uma trama para a estação de Queluz de Baixo, acabando esta por ficar nas gavetas do canal. “Trata-se de uma novela de época. Já escrevi, mas não avançou devido aos custos de produção serem elevados. Estamos em época de crise e não há dinheiro”, finalizou.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News