fbpx
TVI

Sofia Aparício foi vítima de assédio: “Eu era apalpada até ao infinito”

Sofia Aparicio
Instagram

Sofia Aparício foi convidada de Manuel Luís Goucha esta terça-feira, dia 28 de junho, e abordou vários temas, nomeadamente o facto de ter sido vítima de assédio várias vezes.

Sofia Aparício foi entrevista por  Manuel Luís Goucha e, a certa altura, foi questionada pelo apresentador se já sofreu de assédio. A convidada confirmou que sim e revelou que começou bem cedo na sua vida.

“O assédio é inerente ao nosso mundo, à nossa sociedade machista”, começou por responder, dando um exemplo da sua vida, antes de começar no mundo da moda.

“Quando era miúda tinha medo de andar metro. Eu era apalpada até ao infinito, tinha 11 anos, eu era uma criança que já tinha corpo de mulher e comecei a ter medo. Não fazes ideia as situações que tive no metro em hora de ponta”, afirmou.

““O assédio começa logo aí e a nossa sociedade incute-nos que a culpa é nossa, eu tinha vergonha, não podia dizer nada em casa porque a culpa ia ser minha (…) depois fui crescendo e ganhando defesas e quando isso me aconteceu, já em adulta, cheguei a agredir um homem e fui prejudicada, mas prefiro pagar esse preço do que o outro”, continuou, dizendo que não contava nada em casa, mas mais tarde chegou a partir para agressão devido a estas atitudes.

Leia também: Sofia Aparício recorda passado com drogas e defende: “Nunca fui toxicodependente”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>