fbpx
TVI Famosos

Serginho quebra silêncio sobre saída da TVI e arrasa Felipa Garnel: “Estava a ser vítima de bullying”

Serginho, Tvi

Ausente da televisao há mais de um ano, Serginho quebrou o silêncio sobre os motivos que o levaram a sair da TVI e fez duras críticas a Felipa Garnel. 

Serginho foi entrevista por Marta Cardoso no ‘Maluco Beleza’ e quebrou o silêncio sobre os motivos da sua siada da TVI. O comentador e cronista social foi afastado por Felipa Garnel, ex-diretora de programas do canal de Queluz de Baixo.

Eu saio da antena quando entra alguém na TVI, estamos a falar em agosto de 2019, e me diz ‘Olá, olha para já vou-te tirar da coordenação e depois vou-te tirar da antena’. Era uma pessoa de poder. Chama-se Felipa Garnel. E depois até tratou-me bem quando eu tive a depressão, ligou-me a dizer ‘Quero-te ver, gosto muito de ti’. (…) Eu gosto muito pouco que corram comigo e nunca permiti que isso acontecesse“, começa por afirmar.

Naquela altura, Serginho integrava a equipa do já extinto ‘Você na TV’ e semanalmente comentava na polémica ‘Crónica Social’. “No dia em que me dizem ‘vou-te tirar da antena’, eu no dia a seguir já não fiz crónica“, revela. Contudo, duas semanas depois, foi sondado para regressar ao programa devido às audiências que gerava na rubrica.

Eu, na altura, até disse à minha ex-coordenadora que é assim: ‘Vocês queriam-me f****, eu fo**-vos primeiro’. Vamos cá ser muito honestos. Mas eu saí da Crónica de consciência tranquila, tinha feito um bom trabalho, que tinha encaminhado aquilo muito bem“, frisa.

Serginho fez questão de esclarecer ainda que :”isto é tudo era pré-Cristina [Ferreira], para que as pessoas não confundam, nem se sabia sequer que a Cristina ia para a TVI.

O comentador sofreu de bullying no trabalho e contou com a ajuda da amiga Marta Cardoso. “Tu chegaste-me a dizer ‘Vê lá se queres vir embora e eu empresto-te dinheiro para tu sobreviveres enquanto não arranjares outro trabalho’“, conta.

Começo a andar com o carro aos ziguezagues e coisas do género, vou a uma consulta de psiquiatria e a psiquiatra dá-me uma baixa psiquiátrica com caráter de urgência. Eu, no dia a seguir, vou à entidade para qual eu colaborava a recibos verdes, fui ter com uma diretora para lhe dizer ‘Eu não estou em condições, a médica não quer que eu venha trabalha’. E a resposta: ‘Eu não sei porque é que estás aqui. Eu se fosse a ti ia-me embora’“, lembra.

“Estava a ser vítima de bullying”

Portanto, eu saio da TVI realmente em lágrimas porque estava muito deprimido e porque estava a ser vítima de bullying há sete meses pela aquela marraqueca que não distingue o pé esquerdo do pé direito“, atira Serginho.

Em casa a recuperar, o comunicador foi procurar ajuda noutro psiquiatra e foi-lhe diagnosticado uma ciclotímica [é um transtorno de humor em que a pessoa experimenta momentos de depressão ou euforia subitamente. Possui algumas semelhanças com o transtorno bipolar, mas a diferença principal está na intensidade das oscilações de humor e quantidade de crises].

Leia também: Serginho responde sem papas na língua a questão sobre Cristina Ferreira

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News