fbpx
TVI

Sara Barradas declara-se a José Raposo: “O Zé foi a melhor coisa que me aconteceu na vida”

Sara Barradas Jose Raposo Scaled Sara Barradas Declara-Se A José Raposo: “O Zé Foi A Melhor Coisa Que Me Aconteceu Na Vida”

Sara Barradas esteve à conversa com Fátima Lopes, esta quinta-feira, 14 de abril, no Programa “A Tarde é Sua”. A atriz falou sobre a sua vida pessoal e profissional.

A protagonista da novela “Quer o Destino” recorda que teve uma infância muito feliz. “Fui filha única até aos 8 anos. Eu brincava muito sozinha, era muito introvertida. Na creche diziam que eu gostava mais de estar metida com os meus livros, os bonecos e a certa altura pedi uma irmã. Quando ela chegou achei muita piada. Queria muito ajudar a cuidar dela”, acrescentou.

Sara Barradas está rodeada de mulheres na sua família, que não quiserem deixar passar a oportunidade de deixar-lhe algumas palavras.

Amélia Dias, avó de Sara, começou por definir a relação com a neta como “um amor sem fim”.

“O que mais me marcou e continua a marcar sempre é o amor, o carinho e a ternura que ela tem por mim. Lembro-me de uma vez que estávamos na Serra da Estrela e devia ter uns 7 anos e disse-me: “Oh, avó, és tão pequenina e tão linda”. Ela é assim, muito doce, muito cheia de ternura e quero dizer que a amo muito”, afirmou.

Também Felisbela Dias, mãe de Sara Barradas, decidiu deixar-lhe uma mensagem muito especial. “Falar da Sara é falar de pequenos e grandes momentos de amor. Acima de tudo momentos de partilha e cumplicidade, momentos engraçados também […] A troca de olhares que é muito nossa, a procura da aprovação nas escolhas importantes e que nos acompanhou na vida. São 29 anos de muito amor”, afirmou.

Íris Dias, irmã mais nova da atriz, também deixou um beijinho muito especial. “Mana, tenho saudades dos teus beijinhos e das tuas cócegas. Gosto de ti até à lua e até ao arco iris”.

Sara estreou-se em televisão com apenas 11 anos

A representação apareceu na vida de Sara Barradas muito cedo, aos 11 anos. “Eu acho que o talento nasce com a pessoa para o que for e que se descobre mais cedo ou mais tarde, dependendo das circunstâncias da vida. Comigo foi, de facto, muito pela televisão que este meu instinto despertou”, começou por explicar.

Na altura em que começou a gravar, Sara Barradas não tinha muito incentivo. “Na realidade pouco se falava de crianças serem atores. A informação não corria como corre hoje”, recordou.

“Assim que fiz o meu primeiro projeto – Amanhecer – tive a certeza que era isto que queria fazer o resto da minha vida e a minha mãe também”, explicou.

A atriz recorda que tinha de existir muita organização, pois estava a trabalhar e a estudar em simultâneo. “É muita organização. Muita força de vontade. Quando as coisas não estão organizadas começo a entrar em stresse. Na altura era gerir muito bem o meu tempo”, explicou.

“Aos 21 anos comecei a sentir que já me dominava melhor, que estava mais madura enquanto atriz. Foi com o Remédio Santo. Era a Santinha da Luz. As personagens que mais me marcaram foram a que mais marcaram o público”, acrescentou.

Nessa idade, Sara desempenhou um papel singular. “Eu fiz pela primeira vez um papel que saía fora da minha zona de conforto. Era uma personagem muito católica, eu não sou. Era uma rapariga que tinha vivido presa numa casa na vida toda. Era muito distante da minha realidade e tinha de fazer as pessoas acreditarem naquela inocência”.

Sara Barradas também faz teatro

Sara Barradas recordou a estreia em teatro, ao lado do marido José Raposo. “Enquanto atores isso nunca se misturou nada. Enquanto produtores, as relações vêm mais ao de cima”, garantiu.

“O teatro é mágico. A grande diferença é o público. Há uma densidade e profundidade diferentes. Na televisão é tudo mais rápido”, salientou.

Sara e José Raposo estão juntos há 10 anos

Sara Barradas e José Raposo estão juntos há 10 anos e têm agora uma filha em comum, Lua, de apenas 13 meses.

“O Zé foi a melhor coisa que me aconteceu na vida, a mais inesperada. Não estava de todo à espera de me apaixonar tão nova e tão intensamente como aconteceu connosco […] Olhámos um para o outro e sentimos algo muito estranho, de modo positivo, é claro”, recordou.

“Foi reconhecermo-nos. Acho que já nos conhecemos de outras vidas. Quando falei com ele a primeira vez, demos um beijinho na cara, quando demos um abraço a primeira vez, houve uma coisa física estranha que eu nunca tinha sentido com outra pessoa”, acrescentou.

A atriz foi surpreendida, em direto, pelo marido. “Tudo o que a Sara disse em relação a mim é recíproco o que sentimos um pelo outro. Todo o nosso amor é verdadeiro, muito sorte, muito sólido, é maravilhoso. O amor é uma coisa que existe no ser humano e que faz todo o sentido”, afirmou.

“Depois temos o fruto desse amor, que é a lua, estamos apaixonadíssimos”, concluiu.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News