fbpx

Rui Pedro e Sónia Jesus não resistiram ao “número do azar” do Big Brother

Rui Pedro, Sónia Jesus, Big Brother
Imagens: TVI

Rui Pedro e Sónia Jesus. Ele foi jogador da ‘Revolução’. Ela, do ‘Big Brother 2020’. Ambos não escaparam àquele que pode ser considerado o “número do azar” do reality-show: o 59.

É que ambos desistiram, precisamente, no dia número 59 do formato da TVI. Sónia Jesus não aguentou as saudades das filhas, já depois de muito choro e algumas discussões acesas durante o programa. Rui Pedro, por sua vez, não gostou de ter sido sancionado e quis sair do ‘Big Brother’, já depois de ter ameaçado, por várias vezes, que era essa a sua intenção.

A própria vendedora ambulante, via rede social Instagram, não deixou de reparar no pormenor do tal número 59. Segundo ela, é uma “praga” daquela casa e só quem o consegue ultrapassar é que irá aguentar tudo aquilo que se seguir, daí para a frente, na casa da Ericeira.

Pedro Crispim em êxtase após saída de Rui Pedro.

O comentador ficou feliz da vida com a desistência de Rui Pedro. “Não consigo esconder a minha felicidade“, admitiu.

Na realidade, esteve desde determinada altura a fazer braços de ferro com a produção, com a TVI e até com a Teresa e com o ‘Big’. Acredito que seja uma pessoa insegura e mal resolvida“, acrescentou.

Pedro Crispim referiu ainda que o jogo do empresário “foi tudo menos limpo e digno” e que este “foi vítima do seu ego”. “Podia ter jogado com as suas qualidades e com a consciência das suas limitações“, completou.

Leia também: Rui Pedro desiste do ‘Big Brother’: “Não vale tudo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *