fbpx
TVI

PSP também pediu imagens da manifestação à TVI

Tvi Logotipo Psp Também Pediu Imagens Da Manifestação À Tvi

Depois do caso que levou à demissão de Nuno Santos e Vítor Gonçalves da direção de informação da RTP, na sequência da cedência de imagens da manifestação de 14 de novembro à PSP, também a TVI terá recebido um pedido formal do órgão de segurança publica.

A TVI  já confirmou  ter um pedido por parte da PSP de cedência de imagens da manifestação que marcou o último dia de Greve Geral convocada pela CGTP. Em comunicado, a estação garante que só cederá imagens já emitidas.

«Só cedemos imagens do domínio público, ou seja: aquelas que foram emitidas nas nossas estações, seja a TVI ou a TVI 24. Qualquer outra imagem, não editada, é considerada material de trabalho dos jornalistas, está abrangida por sigilo profissional e a TVI não as divulga. Se entendemos que uma determinada imagem não serve um propósito jornalístico, então não interessa para qualquer outro fim. As imagens são captadas em contexto jornalístico e só devem ser utilizadas para trabalho jornalístico».

Num dos  e-mails enviados pelo núcleo de imprensa e relações públicas do Comando Metropolitano de Lisboa da PSP à TVI   é solicitada a facultação de «as imagens recolhidas por esta estação televisiva aquando da manifestação ocorrida no dia 14 de novembro em frente à Assembleia da República, que foi o culminar da greve geral agendada para esse mesmo dia», disse José Alberto Carvalho.

Segundo o diretor de informação da estação de Queluz de Baixo, durante um comunicado lido ontem no «Jornal das 8», «este pedido foi enviado por correio eletrónico e fica a perceber-se, nesta sequência de -emails, que o pedido original interno da polícia, e assinado pelo comissário João Pestana, é ligeiramente diferente deste que foi enviado pelo núcleo de relações públicas quando menciona as imagens acrescenta ‘de preferência não editadas’ e afirma que o objetivo é utilizá-las como meio de prova dos atos classificados como crime. O pedido, no entanto, não especifica os crimes».

Apesar de  este tipo de pedidos ser uma prática habitual de algumas instâncias policiais e judiciais, o processo levou mesmo à abertura de um inquérito interno na RTP.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

6 Comentários

Clique aqui para comentar

ATV News