fbpx
TVI Big Brother 2020

Ausente mais uma vez! ‘Pipoca’ vai faltar à próxima gala do ‘Big Brother’

Pipoca, Big Brother
Instagram

A ‘Pipoca’ não vai marcar presença na próxima gala do ‘Big Brother’, que se realiza este sábado, 20 de março.

A informação foi dada por uma fonte da TVI à imprensa que garante que a ‘Pipoca’ vai faltar “tal como aconteceu na semana passada”.

Ana Garcia Martins, mais conhecida por Pipoca Mais Doce falhou a gala do Big Brother do passado sábado, 13 de março e pode já não regressar mais até ao fim do reality show da TVI, no próximo dia 27 de março.

Está doente, com um problema, nada de grave. As melhoras“, disse o apresentador, sem revelar mais pormenores. Porém, a comentadora desapareceu também das redes sociais. Depois de uma grande onda de preocupação dos seus seguidores, Pipoca Mais Doce acabou por reagir sobre o seu desaparecimento e revelou que vai fazer uma pausa na carreira, por tempo indeterminado.

Pausa. A vida segue quando tiver de seguir. Obrigada pela vossa preocupação. Até já“, escreveu. Esta mensagem fez aumentar os rumores de que esta paragem está relacionada com o fim do casamento com Ricardo Martins.

Durante a semana, Pedro Crispim recorreu às redes sociais para se mostrar solidário com o momento doloroso que Ana Garcia Martins está a viver e deixou-lhe algumas palavras de apoio. “Que essa pausa seja curta… volta depressa, minha pipoca mais doce, que isto não é igual sem ti“, escreveu o comentador do “Big Brother” na sua conta de Instagram.

Pedro Crispim dá a sua opinião sobre a colega

Agora, Pedro Crispim garante não saber se Pipoca Mais Doce voltará como comentadora até ao dia da final do “Big Brother“, a 27 de março. “Não faço ideia se ainda vamos estar os dois a comentar uma última vez lado a lado antes que o programa termine. Não sei mesmo. Agora surgiu aquela comunicação pública de que ia fazer uma pausa e, muito sinceramente, também eu nesta reta final estou desejoso de fazer a minha pausa“, começa por afirmar à TV 7 Dias.

Não vou fazer comentários sobre a Ana nem sobre o que se passa com ela, não tenho legitimidade para o fazer, mas sei que uma das coisas que eu levo como muito positivas deste projeto são as pessoas. E a Ana é uma dessas pessoas! Gosto muito quando estou diante de pessoas que me alimentam e me desafiam e a Ana é uma pessoa muito desafiante, muito generosa“, remata Pedro Crispim.

Leia também: Marina Mota defende: “A cultura não existe para quem manda…”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News