fbpx
TVI Big Brother

Pedro Crispim foi atado e espancado num bosque

Pedro Crispim, Big Brother, Extra
Instagram

Pedro Crispim relatou um dos piores momentos que já experienciou.

Pedro Crispim foi atado e espancado num bosque perto da escola que frequentou, quando era jovem. Ficou amarrado durante algumas horas, até ao momento no qual foi encontrado por funcionários do estabelecimento de ensino.

Havia um bosque perto da escola e nós íamos para lá brincar nos baloiços. Houve uma vez em que os meus colegas me ataram a uma árvore, com umas cordas, e que me bateram… Fiquei ali o horário todo da escola, à chuva, até ao final do horário, até os contínuos irem dar por mim ali“, recordou numa entrevista recente que deu à Selfie.

O comentador do ‘Big Brother’, da TVI, acrescentou ainda que optou por não fazer queixa dos agressores.  “Nunca senti raiva, nem de quem me fazia mal. Porque achei sempre, e ainda hoje acho, que sempre que me faziam mal é porque a pessoa não estava bem“, explicou.

Quando leio algumas coisas ou quando me tratam de uma certa maneira, acho sempre que essa pessoa está magoada, está ferida, que é infeliz. Aliás, acho sempre que isso mostra mais sobre eles do que sobre mim“, acrescentou.

Pedro Crispim disse ainda que tudo aquilo que experienciou o fez “mais forte, mais assertivo, mais focado“. “Nunca me pude encostar à boleia de nada, nem de ninguém, tive que me fazer à vida, portanto, também tenho de estar agradecido a essas pessoas. Perdoei, mas não esqueci“, sublinhou.

Leia também: Cláudio Ramos enche Manuel Luís Goucha de elogios: “És seguramente o melhor”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News