fbpx
TVI

Pedro Carvalhas escreveu carta de despedida quando soube de aneurisma

Pedro Carvalhas, Goucha
Instagram

Pedro Carvalhas afirma que os filhos e a mulher não leram a dita carta, e que ele próprio não a releu.

Pedro Carvalhas juntou-se a Manuel Luís Goucha para uma conversa intimista na tarde desta terça-feira, 11 de janeiro. O jornalista recordou uma fase dramática da sua vida, quando lhe foi diagnosticado um aneurisma.

Uma semana depois de ter tido uma dor de cabeça. [Os médicos] lá chegaram à conclusão que a dor de cabeça tinha surgido de uma hemorragia sentinela, que é uma pequena hemorragia, e que, geralmente, antecede uma enorme hemorragia que pode ser fatal”, começou por contar.

Pedro Carvalhas teve de fazer novos exames, e quando os médicos se aperceberam de que se tratava de um aneurisma, encaminharam-no para o hospital para ser operado de urgência: “Eu não sabia o que era um aneurisma“.

No momento em que estou no quarto do hospital, pensei um bocadinho. Pensei: ‘Isto pode não correr bem’”, afirmou, confessando que acabou por deixar uma carta de despedida à mulher, Ana Seixas, e aos seus três filhos: Bernardo, Maria e Manuel.

Agarrei-me ao telefone e escrevi para a Ana e para os miúdos (…) Sei que começava assim: ‘Meus queridos, a mãe disse várias vezes que as coisas não acontecem só aos outros’. De resto, não me lembro”, recordou. No entanto, nenhum deles leu a carta, nem o próprio jornalista releu as suas palavras.

Leia também: Pedro Carvalhas obrigado a repetir exame de condução por não ter renovado a carta

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>