fbpx
TVI Big Brother

Pai de Jéssica Fernandes abordado por agências. Concorrente do ‘Big Brother’ cheia de convites

Big Brother, Jéssica Fernandes, Pedro Fernandes, Sandra Fernandes, Pai
Instagram

Pai de Jéssica Fernandes, a concorrente do ‘Big Brother – A Revolução’ está triste.

A pandemia obrigou-o a fechar o restaurante/casa de fados em Alfama. “Vivíamos essencialmente do turismo em Alfama e, como isto está, fechei as portas. Não sei se alguma vez as vou voltar a abrir. Vou sonhando…”, confessa Pedro Fernandes à revista TV Guia, confessando “sentir-se triste, porque Alfama está morta”: “Felizmente, tenho a minha atividade de broker [intermediário de negócios], que me permite trabalhar.

No entanto, a participação da filha no ‘Big Brother‘ fez criar uma luz ao fundo do túnel no meio da desgraça causada pela Covid-19.

Não esperava que fosse assim, mas já tive convites dos Estados Unidos, do Canadá, da Suíça, eu sei lá, para a Jéssica ir lá cantar. A isso juntou-se nas últimas semanas algumas editoras também interessadas nela. Fico feliz, mas, como já lhes disse, não decido nada. Quem vai ter de decidir é a Jéssica. Mas é bom que, no meio de tanta confusão, algo de bom saia dali”, revela o pai de Jéssica Fernandes, emocionado.

E acrescenta: “Para já, jogamos à defesa, porque sabemos lá quando é que vem a vacina, se podemos viajar… Sei que ela vai ser bem-sucedida, especialmente agora que parece ter acalmado e aceitado o Renato. Eu gosto.

Pai de Jéssica Fernandes abordado por agências

Mas para surpresa, não tem sido só Jéssica a receber convites de trabalho. Pedro Fernandes também já foi abordado… por causa da sua imagem. “Fui abordado por agências, por causa da minha imagem. Pedem-me todos calma, que vai correr bem. Se assim for…

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News