TVI

Ordem dos Advogados de Cabo Verde quer um processo crime contra Suzana Garcia

Reprodução TVI

A Ordem dos Advogados de Cabo Verde (OACV) pode instruir a qualquer momento um processo crime contra Suzana Garcia, a famosa advogada do programa ‘Você na TV’, da TVI.

“A OACV repudia o teor infeliz das declarações e respetivas conotações implícitas proferidas por essa alegada advogada, de apelidar os cabo-verdianos de ‘gentalha'”, lê-se num comunicado publicado no site oficial. “A OACV já interpelou a Ordem dos Advogados Portugueses sobre o conteúdo das mesmas e estamos neste momento a ponderar instruir um processo crime contra a alegada advogada”.

Em causa estão as declarações feitas por Suzana Garcia, durante o formato matinal da TVI, sobre o polémico caso da morte de um jovem cabo-verdiano, em Bragança, depois de ter sido agredido por um grupo de indivíduos.

Mamadou Ba, dirigente do SOS Racismo, considerou em entrevista ao Notícias ao Minuto que “o silêncio sobre a morte de Luís é revelador do racismo que existe em Portugal” e que se tal tivesse acontecido a um “jovem branco” teríamos então “o país inteiro mobilizado, indignado, a exigir Justiça e o apuramento das responsabilidades“.

Suzana Garcia não gostou do teor desta acusação e comentou a situação de um modo que causou polémica.

Falou-se [no caso]. Não se falou foi histericamente, como esta gentalha queria que se falasse (…) Não tenho paciência para parasitas da sociedade que vivem estigmatizando questões que, na realidade, não existem (…) O senhor Mamadou Ba não tem nenhuma utilidade social para Portugal, pelo contrário, tem uma existência perniciosa para todos nós portugueses e ainda não vi qual é a autoridade dele”, referiu a advogada no programa do passado dia 6 de janeiro.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News