fbpx
TVI

O grito de revolta de Cláudio Ramos em tempos de glória

Big Brother Claudio Ramos Estreia 2 O Grito De Revolta De Cláudio Ramos Em Tempos De Glória
Instagram

Após cumprir o seu sonho de apresentar o ‘Big Brother 2020’, Cláudio Ramos quebrou o silêncio e falou sobre as quase duas décadas de “ingratidão” que viveu na SIC. 

‘BB Zoom’ estreou no último domingo e foi visto por um milhão e 350 mil espectadores. Apesar de ter sido ultrapassado pelo ‘Quem Quer Namorar com o Agricultor?’, da SIC, o apresentador não escondeu o orgulho na reação dos telespectadores à estreia.

Um sonho realizado mas que não o fazem esquecer o tempo que viveu na SIC. “Não tenho nenhuma modéstia em dizer que sou um belíssimo ativo nisto que é fazer televisão. Na SIC, fiz tudo durante 18 anos de casa“, disse em entrevista a Rui Maria Pêgo e Ana Martins na rubrica ‘Era o que Faltava’, da Rádio Comercial.

É muito ingrato“, acrescentou, recordando que nos últimos cinco anos acordava todos os dias às 7 da manhã e saia à meia-noite e meia da SIC. A razão de ter aceitado tudo, explicou, foi para que tivesse uma oportunidade.

Aceitava tudo na esperança de que, um dia, porra, chegasse um formato e dissessem: ‘Cláudio, além disto, tu podes fazer formato’“, explica. Revelou ainda que enviou várias propostas mas sem sucesso. “Eu saí da SIC porque não tinha como crescer”, garantiu.

A TV Guia recorda ainda os elogios constantes do anfitrião do reality-show da TVI a Cristina Ferreira, o mesmo não acontece ao contrário. Apesar da tentativa de reaproximação, com troca de mensagens públicas, Cristina sentiu-se traída por ter sido uma das últimas pessoas a saber desta decisão de mudança de canal.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News