fbpx
TVI

Nuno Santos recorda perda do pai e zanga muita dura: “Eu senti-me atacado, injustiçado”

Nuno Santos, Conta-Me
© TVI

Nuno Santos ‘abriu o coração’ numa emotiva conversa com Manuel Luís Goucha no programa ‘Conta-me’, da TVI.

Manuel Luís Goucha esteve à conversa com Nuno Santos. O diretor geral da CNN Portugal acabou por recordar a trágica morte do pai e uma zanga muito dura.

Quem é o Nuno Santos?“, questiona Goucha. “Tenho 53 anos, estou bem comigo, bem com a vida“, responde. “Gostas do homem que és?“, pergunta o apresentador. “Gosto… sinto que ainda me faltam dar muitos passos, faltam-me cumprir mais etapas para a minha realização pessoal“, revela.

“O meu pai partiu muito cedo”

O diretor da CNN Portugal falou ainda sobre os pais. “Fui um filho tardio, quando nasci, o meu pai já tinha 42 ou 43 anos. Era um pai dessa época, não muito dado aos afetos, mas foi muito importante na minha formação, no meu contacto com os livros, nas conversas que teve comigo e também nos seus silêncios”, começa por contar.

Ele escolheu, num determinado momento, reformar-se para aproveitar bem os últimos 20 anos da sua vida. E, na verdade, houve um dia em que se levantou e caiu para o lado. Isso é, ainda hoje, o maior choque da minha vida“, refere.

Quando chegámos a casa, ele já estava morto. Foi o dia mais duro da minha vida. Nunca mais pude falar com ele, desabafar com ele. Ele não conheceu os netos, ou melhor, os meus filhos. Conheceu a filha mais velha da minha irmã. Morreu cedo demais“, afirma, lamentando que o progenitor nunca tenha conhecido os seus filhos. “Nunca mais pude desabafar com ele. Acabou por não conhecer os netos, ou melhor os meus filhos, porque conheceu a neta mais velha, a filha mais velha da minha irmã, e foi muito importante na formação dela. Acho que morreu cedo de mais”.

Após a morte do pai, Nuno Santos revela que a sua vida ganhou um novo sentido de responsabilidade para com a progenitora.

“A minha mãe é uma mulher de armas. (…) É uma mulher de afetos. Sempre esteve presente. Quando digo que é uma mulher de armas é o facto de uma parte da vida dela, desse chão ter caído naquele momento, nunca a impediu de continuar a ser firme em relação a vida dela, à relação com os filhos e netos”, disse

A mãe de Nuno Santos tem 90 anos e o jornalista garante que estar com ela “é sempre dos melhores momentos” da sua semana.

Nuno Santos, Manuel Luís Goucha
Instagram

“Tivemos uma zanga muito dura”

A dada altura, o comunicador recordou uma pequena zanga que teve no passado com Emídio Rangel, que morreu em 2014. “Ficaram coisas por dizer?”, pergunta Goucha.

“Nós estivemos dez anos sem nos falarmos. Tivemos uma zanga muito dura. Eu senti-me atacado, injustiçado e eu reajo nessas alturas. E reagi com todas as minhas forças”, responde o jornalista.

“Depois doí quando és implacável ou não? Dado à pessoa que era…”, questiona o apresentador. “Depois ficou uma mágoa”, disse Nuno.

Os dois reencontraram-se mais tarde, em duas situações profissionais. “Na primeira, eu era diretor de informação da RTP e ele era comentador do canal. Ele ficou com a ideia que eu o ia despedir. Eu nunca faria isso e numa noite eleitoral, que nos correu muitíssimo bem, no fim eu fui dar os parabéns a todos comentadores dessa noite eleitoral, e a ele também“, recorda.

Nuno Santos revela que nessa noite trocou um olhar especial com Emídio Rangel. “Já não sei quem disse primeiro: ‘Temos que fazer um encontro’ e ele respondeu: ‘O meu número é o mesmo’. Eu marquei e apareceu, eu nunca tinha apagado o número. Tivemos um longo encontro, numa tarde inteira. Era um almoço, mas durou até às 7 da tarde. Dissemos tudo um ao outro”, conta.

Já o segundo projeto estava relacionado com Angola. “Isso uniu-nos de novo, outra vez. Acho que morreu cedo de mais. Faz-nos muita falta. Tenho muita pena de o ter perdido”, desabafa.

Lançamento da CNN Portugal

Em vésperas do lançamento da CNN Portugal, Nuno Santos mostra-se otimista com este grande desafio. “A CNN é uma marca de jornalista que está em 445 milhões de lares. Vamos fazer televisão feita por portugueses“, garantiu. “Acho que sou um bom observador no mundo em que vivemos”, rematou.

Recorde-se que Nuno Santos tem dois filhos, Pedro, fruto da relação terminada com a jornalista Andreia Vale e Francisca da atual relação com Rita Monteiro.

Leia também: Nuno Santos reage a entrevista emotiva com Manuel Luís Goucha: “Não costumo falar sobre mim”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News