fbpx
TVI

Nuno Santos e Cláudio Ramos contam tudo sobre o BB2020: “O jogo começa já no domingo”

Nuno Santos Claudio Ramos Big Brother Scaled Nuno Santos E Cláudio Ramos Contam Tudo Sobre O Bb2020: &Quot;O Jogo Começa Já No Domingo&Quot;

No próximo domingo a grelha da TVI vê, finalmente, chegar a nova edição do Big Brother. A poucos dias de fazer história, com uma pré-fase do reality show, Nuno Santos e Cláudio Ramos contaram tudo (em video-conferência) sobre aquele que ainda acreditam ser ‘o programa do ano’.

Anunciado desde 2019, e após ver a data de estreia adiada devido ao novo coronavirus, o Big Brother 2020 vai, finalmente, estrear na antena da TVI. Primeiro, a 26 de maio, com a versão ‘Zoom’ e duas semanas depois já com os concorrentes dentro da casa mais vigiada do país.

A menos de uma semana da estreia Nuno Santos garante que, apesar dos contratempos, continua a acreditar que o BB2020 é o programa do ano e arrisca mesmo: “Acredito que pode, de alguma forma, agitar o tabuleiro”. Relativamente à opção de estrear o formato numa edição ‘quarentena’, com tempo previsto de 2 semanas, o diretor geral da TVI confessa ter-se tratado de uma escolha do canal e da Endemol: “Nós avaliamos e achámos que era uma escolha ajustável aos tempos e que fazia sentido. A escolha podia ter ido num sentido ou podia ter ido noutro. E nós achamos que esta era a melhor” – afirmou, sem entrar em detalhes sobre as estratégias optadas – “Se nós disséssemos às pessoas, há 2 meses, que a primeira fase do Big Brother seria em versão BB Zoom toda a gente acharia isso estranhíssimo. Agora eu acho que as pessoas não acham estranhíssimo. É a vida que todos estamos a viver”.

“Eu prefiro ter um público saudável em casa a olhar para mim, convencido que o vou ter na plateia ainda ao longo desta temporada do programa, a ter algum problema de saúde com o público ou com a equipa que trabalha”

Certo é que, para além desta fase improvisada, haverá outros condicionamentos na produção deste programa. Um dos quais diz respeito à não presença de público durante as galas. Uma medida de precaução que não preocupa Cláudio Ramos: “Estou preparado para o fazer a partir do momento em que percebi qual é a realidade do nosso país. Não há duvida nenhuma que o público faz parte de um programa de TV desta natureza, obviamente. E que o público é grande parte do espectáculo de televisão. Mas a realidade é esta. Então vamos trabalhar com as ferramentas que temos e fazer o melhor que queremos. Eu prefiro ter um público saudável em casa a olhar para mim, convencido que o vou ter na plateia ainda ao longo desta temporada do programa, a ter algum problema de saúde com o público ou com a equipa que trabalha, que somos muitos a trabalhar”, afirmou o apresentador explicando que, esta medida, foi tomada também por todos os restantes países.

Claudio Ramos Big Brother Nuno Santos E Cláudio Ramos Contam Tudo Sobre O Bb2020: &Quot;O Jogo Começa Já No Domingo&Quot;
Instagram

A fase de quarentena não será, no entanto, de ‘descanso’ para os concorrentes deste Big Brother. Nuno Santos alertou para o facto de que, embora longe da casa, o jogo deverá começar já este domingo: “Uma coisa seria eles estarem confinados, guardados pela produção num quarto a cumprir a sua quarentena. Aqui eles têm um conjunto de tarefas, de testes, de avaliação, de perguntas, de respostas, que vão gerar conteúdo! Eles podem interagir entre si, não fisicamente!”. Ainda assim, estarão (como é habitual no formato) desligados do mundo, sem acesso a notícias e sem conhecer o feedback do público relativamente a si próprios. E se as expulsões estão reservadas para a fase posterior saiba o leitor que poderá ser chamado a intervir já nesta fase inicial do programa. “Alguma coisa pode acontecer”, adiantou o diretor geral da TVI deixando em aberto a possibilidade de os telespetadores não assumirem apenas a posição de observadores durante estas primeiras duas semanas do novo Big Brother.

Quanto à nova grelha de programação essa deverá seguir o alinhamento inicial. A saber-se, nas faixas das 19h, late-night e, de forma compacta, aos sábados à noite. Porém, afirma-o Nuno Santos, a estratégia de programação não é estática: “É o modelo com que vamos arrancar. Mas pode não ser, necessariamente, o modelo usado daqui para a frente”.

“Há uma comentadora principal do programa. Uma espécie de Paulo Portas / Marques Mendes do Big Brother”

Outra das novidades desta edição diz respeito aos nomes que estarão na linha da frente. A Cláudio Ramos, Maria Botelho Moniz e Mafalda Castro deverá, mesmo, juntar-se Ana Garcia Martins…mas como comentadora especial. De acordo com o diretor geral da TVI a Pipoca Mais Doce, como é conhecida, irá assumir um papel de destaque nesta edição do Big Brother: “Há um conjunto de comentadores que aparecem, nomeadamente no programa da noite, mas há uma comentadora principal do programa. Uma espécie de Paulo Portas / Marques Mendes do Big Brother que é a Ana Garcia Martins.” A escolha, essa, parece estar assente em factores sólidos: “Ela é uma espécie de Cláudio Ramos em versão saias. Ela sabe tudo sobre os programas, viu todos. Tem um olhar muito mordaz, muito crítico, muito destemperado, muito frontal e essa controvérsia faz falta ao programa.”.

“Eu não queria viver com eles lá dentro”

Se para Maria, Mafalda e Ana o universo daquele que é o pai dos reality shows (visto por dentro) é uma novidade, para Cláudio está longe de o ser. O apresentador foi também concorrente, em 2002, na primeira versão famosos do formato. 18 anos depois assume-se apaixonado pelos futuros habitantes da casa: “Eles já fazem parte da minha família há 2 meses. Eu acho mesmo que vocês vão ficar muito surpreendidos com eles. Nós podemos dizer a célebre frase ‘pessoas reais’, tudo. Quando vocês tiverem o primeiro contacto com eles, o primeiro que seja, vão ficar rendidos. Porque vão perceber que aquilo é um concorrente de um formato destes que vocês nunca viram. Mas aquela pessoa pode viver à vossa frente, pode ser da vossa família, com características muito parecidas com as nossas. Vão apaixonar-se como eu me apaixonei por eles de certeza.”. Ainda assim, garante, entre risos: “Eu não queria viver com eles lá dentro”.

Nuno Santos Claudio Ramos E1581461718321 Nuno Santos E Cláudio Ramos Contam Tudo Sobre O Bb2020: &Quot;O Jogo Começa Já No Domingo&Quot;
Instagram

Opinião semelhante tem Nuno Santos que não parece ter dúvidas de que, esta nova edição, conta realmente com um leque muito diferente de pessoas: “Há pessoas com atividades diferentes, pessoas com idades diferentes, pessoas de todas as regiões do país e uma até das ilhas. Há pessoas que, sendo portugueses, viveram grande parte da sua vida fora de Portugal. Há um bom mosaico. Há uma boa mistura no seu pensamento, nas suas contradições, na forma de ver o mundo, na educação que tiveram, etc…, que pode ser apelativa”.

Outra das novidades desta edição prende-se com a casa. Longe da Venda do Pinheiro, como era habitual, a mansão na Ericeira conta com todas as tecnologias e modernidades que combinam com a era que estamos a viver. Apesar dos luxos, Nuno Santos não acredita que a essência do formato saia desvirtuada: “O principio central mantém-se. Eles não têm contacto com o mundo exterior e a relação é entre eles. Se a casa é mais bonita, ou menos bonita, ou se a piscina é maior ou mais pequena, ou se tem um ecrã que nasce no jardim…são bons artefactos televisivos, são bons para a produção. Tornam o programa mais apelativo mas não desvirtuam a essência”.

Casa Big Brother 2020 Nuno Santos E Cláudio Ramos Contam Tudo Sobre O Bb2020: &Quot;O Jogo Começa Já No Domingo&Quot;

“Qual era a noção de privacidade que existia em 2000? É muito distinta do que acontece hoje.”

A estreia do novo Big Brother acontece no próximo domingo, 21 anos depois da criação do formato e 17 anos depois da última versão ‘anónimos’ portuguesa. Para Nuno Santos é evidente que a essência se mantém inalterada mas alerta para a mudança de paradigmas, mentalidades e conceitos: “Qual era a noção de privacidade que existia em 2000? É muito distinta do que acontece hoje. A relação que as pessoas têm umas com as outras, e com aquilo que são espaços privados das suas vidas alterou-se muito. Enquanto por exemplo a privacidade auto-quebrada, nas redes sociais, em grande medida é controlada pelos próprios, ou pelas marcas que representam, aqui a partir do momento em que aquelas pessoas estão umas com as outras, elas podem controlar as emoções mas não controlam a forma como nós as vemos”. Certezas que parecem bem fundamentadas não estivesse a equipa, há meses, a estudar os formatos internacionais: “Olhamos com muita atenção para o BB espanhol, para o italiano, alemão, o sueco (salvo erro)… Andamos a ver com muita atenção, e discutimos muito com a Endemol o que foi feito, o que foi pensado. Bebemos alguma coisa de todas as versões internacionais”.

Falta realçar que, no dia em que as portas da vida dos concorrentes se abrem aos espetadores, a SIC abre também os portões da quinta para uma nova temporada do formato Quem Quer Namorar com o Agricultor?. Uma guerra de audiências que Nuno Santos não parece querer comprar: “Não falarei das estreias nem dos programas dos outros. Cada um deve dar o melhor de si, chegar aos espetadores, criar o melhor conteúdo e deixar esse juízo ao público”.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News