TVI

Ministério Público quer ouvir testemunho de Rita Pereira

Instagram

Oito anos após a morte de Angélico, o caso ainda tem pontas por resolver. Filomena, mãe do cantor, acusa o dono do stand, que emprestou o automóvel ao filho, de burla e de falsificação de documentos. Rita Pereira, ex-namorada do ator, era esperada esta terça-feira no tribunal de Matosinhos, onde decorre o processo, mas não compareceu.

A atriz encontra-se no Dubai e por esse motivo só poderá apresentar o testemunho mais tarde. De acordo com o jornal Correio da Manhã, deverá confirmar que, horas depois do fatídico acidente, Augusto Fernandes, dono do stand, falou com ela e manifestou um sentimento de culpa, já que tinha sido ele quem tinha emprestado a Angélico o automóvel no qual este se despistou.

Na acusação traçada por Filomena há outro ponto em discussão. A mãe de Angélico acusa Augusto Fernandes de burla e de falsificação da assinatura do cantor. Isto porque, segundo a mesma publicação, terá sido forjado um contrato de compra e venda do automóvel, de modo a que o stand se pudesse apoderar de dois veículos do artista, um Ferrari e um Audi, como se de uma troca se tivesse tratado.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita.Apple Store Download Google Play Download

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

ATV News