fbpx
TVI

Mário Ferreira obrigado a lançar OPA à dona da TVI

Mario Ferreira

Mário Ferreira está obrigado a lançar OPA sobre ações minoritárias da dona da TVI. O empresário tem 10 dias para se pronunciar.

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) publicou, esta sexta-feira, a atualização das perguntas relativas à oferta pública de aquisição sobre o Grupo Media Capital. Considerou que há concertação entre a Prisa e a Pluris.

“A Pluris/Mário Ferreira e a Vertix/Prisa foram na presente data notificadas do projeto de decisão de indeferimento do pedido apresentado pela primeira para, querendo, sobre ele se pronunciarem no prazo de dez dias úteis, nomeadamente apresentando prova adicional destinada a esclarecer os aspetos suscitados no mesmo”, refere a CMVM, tal como cita o Correio da Manhã.

“A CMVM conclui preliminarmente, em face dos elementos e fundamentação disponibilizados pelo requerente e das diligências realizadas pela CMVM (…) que os acordos celebrados entre a Vertix/Prisa e a Pluris/Mário Ferreira e a conduta das partes instituída na sequência dos mesmos configura o exercício concertado de influência sobre a Media Capital, manifestado, entre outros, na (re)composição do seu órgão de administração, na redefinição do plano estratégico da sociedade e na tomada de decisões relevantes na condução dos seus negócios”, continua.

O empresário deve lançar uma Oferta Pública de Aquisição (OPA) sobre os 5% das ações que não lhe pertencem nem à empresa espanhola, na qual terá de pagar um preço 2% acima do oferecido pela OPA da Cofina.

Leia também: Mal estar entre Cristina Ferreira e Nuno Santos? Apresentadora reage em direto

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News