TVI

Maria Cerqueira Gomes considera ser uma “palhacinha” que traz consigo o Norte

Maria Cerqueira Gomes deu a conhecer o seu percurso e um pouco mais da sua história em entrevista a Fátima Lopes para o Conta-me como És.

Na conversa com Fátima Lopes, o novo rosto das manhãs da TVI confessou ser uma pessoa de lágrima fácil, mais emocional, que mental. “Sou muito mais emocional do que mental. Sou muito de pessoas, muito menos de coisas”, disse a apresentadora recordando a sua antiga equipa.

Com um lado brincalhão muito latente, como Maria Cerqueira Gomes diz ter, a apresentadora do Você na TV realça que  “mandava aquela piadinha e pensava que tinha graça. Acho que esse lado do humor ainda está dentro de mim”, afirma de sorriso no rosto enquanto se auto-intitula “palhacinha”.

A nortenha recuperou também memórias do seu início de carreira e recordou que foi fazer um casting para o Porto Canal por teimosia de uma amiga. Na altura o seu objetivo era concluir o curso de Gestão e Marketing e cuidar da sua filha.

Apesar de, à primeira, ter conseguido o seu lugar no canal por cabo, Maria teve de ultrapassar vários obstáculos: “Passei as passas do Algarve, chorava imenso. Tive de crescer a fazer televisão. A ver-me constantemente a errar. Não havia formações”, recorda.

Recordando ainda a sua passagem de 12 anos pelo Porto Canal, Maria Cerqueira Gomes reafirmou que traz consigo o norte e a sua antiga casa. “Eles estão aqui um bocadinho ‘cravados’ em todo o lado. Sou muito de pessoas… e vou ter imensas saudades. Sempre me dei bem com toda a gente. No último dia, acho que mal falei no Porto Canal. Eu sei que vou sentir falta deles”, disse.

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close