fbpx
TVI

Maria Botelho Moniz recorda fase complicada: “As ameaças eram cada vez mais pessoais…”

Maria Botelho Moniz
Instagram

Maria Botelho Moniz recordou uma fase complicada da sua vida no ‘Dois às 10’.

Esta quarta-feira, dia 9 de fevereiro, o programa ‘Dois às 10’ foi dedicado ao cyberbullying e stalking, dois problemas que têm sido cada vez mais comuns com o crescimento das redes sociais. Maria Botelho Moniz acabou por revelar que já sofreu de stalking.

“Tudo começou nas redes sociais, as coisas que eram ditas foram escalando. (…) As ameaças já eram cada vez mais pessoais, mais físicas, essa pessoa descobriu quem era a minha mãe, começou também a ameaçar a minha mãe e dizia que estava à minha espera. E eu comecei a ter que se acompanhada depois do trabalho até ao carro”, começou por explicar.

“Tudo culmina quando essa pessoa descobre o meu número de telefone, o meu telefone não parou de tocar, nunca ninguém falava do outro lado, mas era uma presença constante e ter essa presença sempre por perto é uma coisa que causa muito medo, muita ansiedade”, confessou.

A figura pública ainda acrescentou que fez queixa na polícia, mas que nada aconteceu.

Leia também: Maria Botelho Moniz faz uma revelação sobre a relação com o namorado: “Eu nunca disse”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>