fbpx
TVI

Margarida Carpinteiro lamenta: “Foi um desgosto, é uma dor para a vida”

Atriz Margarida Carpinteiro

Manuel Luís Goucha recebeu Margarida Carpinteiro no seu programa desta segunda-feira, 7 de fevereiro.

Margarida Carpinteiro abriu o coração a Manuel Luís Goucha, no vespertino da TVI. Emocionada, a atriz lamentou o facto de nunca ter tido filhos, apesar de ser feliz na relação com o marido, que dura há 56 anos.

Como é que a relação se alimenta?“, quis saber Manuel Luís Goucha. “Não sei… a preocupação com o outro. Não é o amorzinho, o amor já cá está. Agora há uma tremenda amizade (…) é muito bom, porque eu sei que está ali uma pessoa que é minha“, começou por dizer Margarida Carpinteiro.

Faltaram os filhos, isso foi um desgosto. É uma dor para a vida“, lamentou. “Exatamente quando eu comecei a pensar ‘O que é que vou fazer? Vou para casa’. (…) Não há filhos, espera aí que os vou arranjar, vou para o teatro”, acrescentou, referindo que se refugiu nas artes.

Sou mãe muitas vezes e porque depois já sou mãe e nem é das novelas, sou é das atrizes e dos atores. Porque temos conversas muito sérias e de repente já sei tudo da vida deles. É como se fosse um filho. São poucas pessoas, mas tenho-as a sério“, sublinha.

Por fim, Margarida Carpinteiro destacou o amor que recebeu dos progenitores: “Os meus pais eram pessoas extraordinárias. Fui muito amada e foi sobretudo pelo amor que eles me deram que aprendi a viver com o amor. (…) Sou normalmente compreensiva com o que as pessoas sofrem, com o que os outros precisam. Estou sempre atenta para que eu não seja nunca o mal dos outros“, remata.

Leia também: Fim de carreira? Margarida Carpinteiro quebra o silêncio: “Que disparate”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News

<>