fbpx
TVI

Manuel Luís Goucha muda discurso sobre futuro na TVI

Manuel Luís Goucha
Manuel Luís Goucha/Instagram

Há dois anos, Manuel Luís Goucha dizia que queria abrandar o ritmo, mas o discurso mudou. O contrato do apresentador com a TVI termina a 31 de dezembro e irá ser renovado.

O contrato de Manuel Luís Goucha com a TVI termina a 31 de dezembro, mas irá ser renovado. Há uns tempos, a estrela do canal de Queluz de Baixo pretendia abrandar o ritmo e falava em reformar-se, no entanto, já mudou o discurso.

Aquilo que eu dizia há dois anos é que quero ter outra vida, quero ter tempo para usufruir da minha herdade, quero ter tempo para viajar. Mas a minha vida complicou-se com este programa (Goucha), como é em nome próprio, para ir de férias tenho de deixar programas gravados”, começa por contar o apresentador.

Manuel Luís Goucha revela ainda que não sabe por quanto tempo irá renovar o contrato com a TVI. “O que digo é: quando acabar o contrato, quero ter outra vida que nunca tive. O trabalho é a minha casa e eu só vivo para isto. O que tinha programado era para o próximo ano ficar a fazer semanais ou o que a televisão quisesse, mas não vou reduzir a carga horária. Não sei por quanto tempo vou renovar”, afirma.

O apresentador está ciente que há “um limite” na carreira televisiva. “Há uma coisa que eu quero e que aprendi com o Rui: eu é que dito as minhas saídas. Eu é que quero sair da televisão e não que a televisão me ponha fora. Quando sair, tenho livros para ler, há azeite para fazer, posso viajar e fazer nada. Tenho um limite que tenha a ver com a minha agilidade mental e física. Não quero andar aqui a arrastar-me. Mas se andar de andarilho, este será a condizer com o fato. O limite tem de ser o bom senso”, nota.

Há pouco mais de um ano a conduzir o programa das tardes da TVI, o apresentador não podia estar mais feliz com este desafio. “Sou bom a conversar, eu gosto, estou a viver os dois anos mais felizes. Estou fazer o que sempre desejei fazer, que é conversar com tempo. É um luxo em televisão. O desafio é as pessoas conhecidas que já entrevistei muitas vezes. Ou seja, ter de conversar com quem já o fiz dez vezes deixando parecer que é a primeira vez”, remata.

Leia também: Rui Oliveira recorda início da relação com Manuel Luís Goucha: “Quase se derreteu nos meus braços a rir”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>