TVI

Manuel Luís Goucha fala pela primeira vez sobre a saída de Cristina Ferreira

Manuel Luís Goucha viu a sua colega de longa data, Cristina Ferreira, abraçar um novo desafio. A apresentadora aceitou o convite da SIC e está de saída da estação de Queluz de Baixo.

Esta manhã no programa Você na TV, Goucha começou por brincar com a presença de Cristina em estúdio, para fazer a habitual promoção a um produto. «Não posso acreditar! Olá Cristina, vieste cá dar o teu recadinho. Força Cristina», começou por dizer o apresentador, brincando novamente, após terminar a publicidade: «Vai voltando, podes vir amanhã ou depois. Mas olha troca de roupa, adeus Cristina».

Mas foi de seguida que Goucha falou pela primeira vez sobre a mudança de Cristina para a SIC.

«Eu ainda não disse nada, a Cristina não disse nada, não vou dizer nada esta semana. Possivelmente falaremos disto para a semana. Mas deixem-me só dizer que não há justificação, para que as pessoas entendam a mudança da Cristina como uma traição. A Cristina não traiu quem quer que fosse, muito menos a mim. Eu sabia de tudo o que estava a passar ao longo dos 15 dias. E esta vida é uma vida de mudanças, a mudança é boa, a mudança é benéfica para quem vai praticar e a cumprir, e para quem fica, porque vai obrigar a pessoa que fica, com toda a sua equipa, obrigar a um processo de renascimento e de renovação e adaptação», explicou o apresentador em pleno direto.

Saiba os motivos que levaram Cristina Ferreira sair da TVI

Manuel aproveitou para fazer uma comparação entre duas empresas e ainda garantir que não vai sair da TVI. «Não há traição alguma, nós depois falaremos disto mais tarde. Isto é um mercado competitivo, isto é a mesma coisa que trabalharmos numa empresa e depois termos um convite para trabalhar noutra empresa, sabendo que ainda por cima, os contratos estão a acabar. Ou estavam, o dela ainda estava a acabar e o meu acaba dentro de meses. Não estou a dizer nada, eu já vos disse que vou ficar aqui ainda por uns bons anos, posso-vos garantir.»

Contando a todos, que entre os dois há uma grande amizade e não foi abalada com esta mudança. «O que é importante perceberem, é que não há traição e que há amizade, o amor que eu tenho pela Cristina, em nada foi beliscado. Só para que fiquem tranquilos, nós falamos e divertimos imenso através de mensagens e ao telefone diariamente».

Lembrando de seguida que também já passou pelo mesmo, quando saiu da estação pública.  «Se se lembrarem, há 16 anos, eu fiz o mesmo, quando saí da RTP, para abraçar um desafio, que era um desafio diferente, dentro do mesmo horário, que era vir para a TVI. E na altura falou-se tanto sobre mim, ainda que não houvesse redes sociais, e posso-vos dizer 16 anos depois, vim ganhar o mesmo que ganhava na RTP, mas só que vim com um contrato».

Manuel Luís Goucha deixa colega atrapalhado em direto: «Pensei que fosses para a SIC também»

«Eu devo confessar-vos, claro que me entristece não estar aqui ao lado da Cristina, mas a amizade… possivelmente até vou passar a ver muito mais a Cristina fora daqui e mais, eu acho que é desafiante, se para ela é o desafio da vida dela, para mim é um grande desafio estar aqui convosco. É pacífico. E parem de dizer que é uma traição, isto é o mercado televisivo», explicou Goucha.

Para de seguida voltar a brincar com a situação. «O meu contrato está a acabar também… [ri-se]».

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close