fbpx
TVI

Luís Esparteiro acusado de causar polémica na Plural

Luis Esparteiro Luís Esparteiro Acusado De Causar Polémica Na Plural

Luis_Esparteiro

Luís Esparteiro, diretor de Conteúdos de Ficção na Plural Entertainment, a produtora  responsável pelas novelas da TVI,  tem assumido funções administrativas desde 13 de março, depois da saída de Carlos Benito, o anterior administrador-delegado.

No entanto, as decisões do ator têm estado a causar polémica, adianta a edição desta segunda-feira do jornal Correio da Manhã. Segundo fontes que pediram à publicação o anonimato, fala-se em «perseguições pessoais», «medo instalado» e num clima «a ferro e fogo» que reina na produtora do Grupo Media Capital, que detém também a estação de Queluz de Baixo.

«Estão a desmantelar a empresa com despedimentos em vários setores, e o facto de haver pouco trabalho é mais um pretexto para que isso aconteça», revelam alguns funcionários da empresa, que segundo o CM terá intenção de chegar a acordo para a saída de mais de 50 funcionários, nomeadamente da área de produção técnica. Mas há, também, situações em que a Plural alega «extinção do posto de trabalho». Ouvida pelo diário da Cofina, uma outra fonte refere ainda que «profissionais de valor têm saído da produtora, nomeadamente para Angola, e a empresa não fez nada para o impedir».

No início de fevereiro, a estrutura diretiva da produtora sofreu várias alterações, com a saída da administradora Maria Ana Borges de Sousa e a nomeação de Luís Esparteiro, que se mostrou incontactável para o jornal, e Carlos Benito, que anunciou a sua demissão do cargo de administrador-delegado um mês depois. Ao CM, a Media Capital recusou ainda falar da polémica por entender tratar-se de «um assunto interno».

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

1 Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News