fbpx
TVI

Júlio Isidro: “Pelas audiências fazem-se coisas que vão para além do bom senso”

Júlio Isidro
Instagram

Júlio Isidro foi convidado de Manuel Luís Goucha esta quarta-feira, dia 29 de setembro, e falou sobre o seu percurso profissional. O apresentador criticou ainda a forma como as televisões trabalham para obter audiências.

Júlio Isidro começou por recusar o título de ‘Senhor Televisão’, mas admitiu que tem dado muito à televisão.

“Tenho dado tudo, mas também recebi muito em troca”, começou por dizer a Manuel Luís Goucha. O apresentador realçou ainda que é um exemplo de como nunca foi mal tratado nas redes sociais, muito pelo contrário sempre o respeitaram.

O segredo, conta, é escrever coisas positivas, evitando assim polémicas. Júlio Isidro elogiou Manuel Luís Goucha, mas confessou que não era capaz de fazer o trabalho dele ao entrevistar pessoas sensíveis e com problemas.

O comunicador aproveitou o momento ainda para criticar a comunicação social sem se referir a nenhum canal específico ou programa. “Em nome das audiências fazem-se coisas que vão para além do bom senso, da dignidade, do respeito pelos outros”, acusou.

Júlio Isidro voltou a salientar que trata sempre bem todos os telespectadores e o seu público e nunca se considerou superior a ninguém.

O apresentador da RTP Memória revelou ainda que não consegue perdoar. “Gostava de atingir sempre, mas a memória não me permite perdoar. É extraordinário dar a outra face, mas eu não consigo“, afirmou.

Júlio Isidro foi ainda  surpreendido por Nunes Forte, Serenella Andrade, Hugo Andrade, um amigo especial, pela mulher e pelas duas filhas. No final, não poupou nos elogios ao entrevistador.

Leia também: Júlio Isidro e a morte de Jorge Sampaio: “Por medo de mim não desfilei perante o caixão”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News