fbpx
TVI

Judite Sousa revela as verdadeiras razões da saída da CNN Portugal

Judite Sousa
Judite Sousa/Instagram

Judite Sousa revela novos pormenores sobre a sua saída polémica da CNN Portugal.

A notícia da saída de Judite Sousa da CNN Portugal apanhou todos de surpresa, incluindo do próprio canal de informação. Depois de se terem conhecidos alguns dos motivos que levaram à sua saída, a jornalista emitiu um comunicado a confirmar esses mesmos motivos.

Agora, em entrevista à ‘Tv 7 Dias’, Judite Sousa dá novos pormenores e revela que no dia 23 ou 24 de junho deu instruções ao seu advogado para “contactasse por e-mail o advogado da Media Capital e que lhe comunicasse a minha intenção de rescindir o contrato”.

De baixa desde 22 de junho, o regresso à CNN Portugal estava previsto acontecer a 12 de agosto. Questionada sobre se a sua saída se deve a problemas de saúde, a pivô revela: “Não tem que ver com razões de saúde. Todas as notícias que saíram relacionando o meu estado de saúde com o oitavo aniversário da morte do meu filho são especulativas. Não fiquei doente pelo facto de junho ser um mês particularmente difícil para mim. O meu filho morreu há oito anos, não morreu há um mês”

E explica a razão de ter decidido rescindir o contrato: “Porque não estava feliz. Porque tinham acontecido vários eventos que me causaram sofrimento psicológico. Os acontecimentos que vieram a público são apenas
alguns, não todos…”

Judite Sousa conta ainda que demorou a assinar o contrato com a CNN Portugal porque desde o primeiro dia em que entrou nas instalações da empresa sentiu “um grande desconforto íntimo” e explica: “Decorreu da circunstância de eu perceber que o meu regresso à Media Capital não era desejado por alguns sectores da empresa, dadas as circunstâncias em que saíra há três anos”, referindo-se à indemnização que recebeu da TVI.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

ATV News

<>