TVI

Judite Sousa apresenta novo livro

Judite Sousa foi uma das jornalistas portuguesas que acompanhou o processo eleitoral do Brasil, tendo estado por lá durante duas semanas. Depois de acompanhar “a campanha que não existiu” do então candidato à presidência do país, Judite Sousa veio “com um livro na sua cabeça”.

Quis lançá-lo “na semana em que Jair Bolsonaro tomasse posse”. Em tempo recorde – dez dias – escreveu ‘Político Esfaqueado ou é Morto ou é Eleito’, que foi lançado esta quinta-feira em Lisboa, 48 horas depois de o ex-deputado, de 63 anos, ter sido empossado.

“É um turbo-livro de uma turbo-jornalista”, disse Sérgio Figueiredo, a quem coube a missão de apresentar aquela que é a 10ª obra da jornalista da TVI.

O diretor de Informação do canal de Queluz de Baixo elogiou o desempenho da repórter: “Pensava que era impossível escrever um livro em tão pouco tempo, mas foi. Foi rápido e bom”.

Na plateia, Judite contou com as presenças de José Rodrigues dos Santos, Miguel Sousa Tavares, Jorge Coelho, Vítor Gonçalves, Marcos Pinto, Conceição Queiroz, Helena Isabel, Sílvia Rizzo e Margarida Pinto Correia, entre outros. “Estou curiosa de ler a análise dela em relação ao que se passa no Brasil e que se vai refletir em todo o mundo”, disse Sílvia Rizzo.

Após a apresentação, que contou com atuação musical de Rita Marrafa de Carvalho, a diretora-adjunta de Informação da TVI resumiu assim esta sua nova aventura: “O livro é como um filho. Nasce dentro de nós, cresce e ganha vida própria. Este nasceu muito rapidamente e agora fará o seu caminho”.

Recorde-se que, só em 2018, Judite editou ‘Duas ou Três Coisas Sobre Mim’ e ‘Não Me Olhes com Esse Tom de Voz’, este último em colaboração com a médica Maria do Céu Santo.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

ATV News