fbpx
TVI

Judite Sousa abandona reportagem por risco de cerco de chamas

Judite Sousa Judite Sousa Abandona Reportagem Por Risco De Cerco De Chamas

Judite Sousa estava à conversa, em direto, com o proprietário de uma casas ameaçadas pelo incêndios na Madeira quando foi forçada a interromper a reportagem. «Este incêndio está a ser realmente perigoso», garantiu a jornalista ao mesmo tempo que estava a abandonar o local.

«Se não abandonarmos este sítio, podemos ficar encurralados», avisou o polícia que ordenou, de imediato, a saída de todos os presentes do local.  Judite Sousa acabou por despedir-se do direto com o ponto da situação. «Um incêndio com várias frentes que não está controlado. [Há uma] ausência de bombeiros, as pessoas a queixarem-se de que as suas casas não estão devidamente a ser protegidas. É um inferno na Madeira», explicou a jornalista.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

1 Comentário

Clique aqui para comentar

  • Todos os anos sempre a mesma situação dos incêndios em Portugal. Incendiários são apanhados e presos, mas depois libertados facilmente, uma vergonha e uma irresponsabilidade. As leis precisam de ser alteradas, para assegurar penas mais pesadas para quem origina incêndios, e também prisão preventiva mais fácil de aplicar nestes casos quando existem fortes indícios de fogo posto. Quando é que os políticos vão acordar? Quando Portugal tiver perdido 50% da sua massa florestal? Já chega do “deixa andar” e “logo se vê”, não vamos aceitar mais isto.

ATV News