fbpx
TVI RTP SIC

José Fragoso, Daniel Oliveira e Nuno Santos: Diretores analisam momento atual da TV

José Fragoso Rtp, Daniel Oliveira Sic, Nuno Santos Tvi

José Fragoso, Daniel Oliveira e Nuno Santos fizeram uma reflexão sobre o momento atual que a televisão atravessa.

José Fragoso, Daniel Oliveira e Nuno Santos têm estratégias diferentes para captar a atenção do público e fizeram uma reflexão, à revista TV7 Dias, sobre os tempos que se vivem hoje na televisão.

“Faço parte do grupo dos otimistas. A televisão generalista é muito importante para a comunidade e é tanto mais quanto mais revelante for o conteúdo que conseguir criar (…) a televisão generalista é agregadora também para as marcas e esse fator é também diferenciador”, começou por dizer Nuno Santos.

Para o diretor-geral da TVI, o maior desafio é fazer o novo e diferente. Neste momento, Nuno Santos considera que se está na fase da mudança. “O público nunca teve tantas opções, logo nunca foi tão exigente quanto é hoje”, acrescentou.

Daniel Oliveira afirma que o último ano trouxe à evidência a importância que os canais generalistas têm. “Com a multiplicidade de oferta e de conteúdos, o desafio passa por conseguir comunicar para todos, pelos meios tradicionais e pelos emergentes”, afirmou.

Vivemos uma fase de ouro da produção de conteúdos televisivos à escala mundial. Produzem-se mais séries e programas de televisão do que alguma vez foram produzidos na história, temos à nossa disposição possibilidades tecnológicas inexistentes há uma década e temos uma sociedade com maior literacia digital e maior apetite de bons conteúdos. O caminho é ascendente“, disse o Diretor de Programas e Entretenimento da SIC.

Também José Fragoso, Diretor de Programas da RTP, não tem dúvidas que os canais generalistas estão de “boa saúde e recomendam-se”. Contudo, salienta que a SIC e a TVI são estações diferentes da RTP1.

“Essas diferenças manifestam-se no rigor da informação, na atenção à diversidade de programas, no investimento em ficção portuguesa de qualidade, na produção regular de documentários nacionais e no grande entretenimento familiar focado no talento dos portugueses”, afirma.

Segundo José Fragoso, o maior desafio é garantir uma programação diferenciada e inovadora e não tem dúvidas que a televisão esta numa fase de grande desenvolvimento.

Leia também: Pedro Abrunhosa sobre caso José Sócrates: “A justiça perdeu…”

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News