fbpx
TVI

Jornalista da TVI vítima de violência doméstica: “Era agredido sem dó, nem piedade”

emanuel monteiro André Carvalho Ramos.
Reprodução Instagram

André Carvalho Ramos, jornalista da TVI, está acusado de um crime de violência doméstica contra o também jornalista da mesma estação, Emanuel Monteiro. O arranque do julgamento deu-se no passado dia 29 de junho.

O ex-casal já se defrontou em tribunal pela primeira vez. Segundo avança a ‘Nova Gente’, um dos jornalistas que trabalhava com Ana Leal será julgado.

O Ministério Público indica que o arguido e o ofendido terão mantido uma “relação abusiva durante dois anos” e que os atos violentos foram feitos “de forma consecutiva”.

Os ciúmes estarão na causa deste crime. “Fui vítima de violência doméstica durante mais de um ano, de forma consecutiva e, a cada episódio, mais grave. Começou com um estalo e acabou com um espancamento, dentro da minha própria casa. Foi no dia do meu aniversário. Estava sem telemóvel, trancado, impedido de fugir ou de pedir ajuda”, começou por referir o ofendido.

O jornalista afirma que temeu pela vida. “Estive à espera, durante todos os minutos daquelas três horas, que o agressor abrisse a gaveta da cozinha e de lá tirasse uma faca para acabar com o pouco que ainda restava de mim. Fiquei gelado de medo, morto de espírito enquanto era agredido sem dó, nem piedade“, complementou.

“Não consegui, sequer, defender-me. Foi o pior que me aconteceu na vida […] Hoje, o agressor está muitas vezes, muitas horas, a 3 metros de mim. E tem tanto em comum com o desta história horrível. Às vezes, ainda tenho medo, muito medo”, concluiu.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News