TVI

Jornalista da TVI infetado com Coronavírus: “Sentia uma espécie de bloqueio”

O jornalista Pedro Jorge da Cunha, da TVI, foi infetado com o novo coronavírus. Em entrevista a Manuel Luís Goucha no ‘Você na TV’ desta segunda-feira, através de videochamada, explicou como têm sido estas últimas semanas.

“Desde que viemos para casa em teletrabalho, no dia 12 de março, a única vez que eu saí foi logo no dia a seguir para fazer as compras básicas”, explicou. Depois, começaram a surgir os sintomas. Nos primeiros quatro dias, estes assemelhavam-se a uma constipação. Ao quinto, veio a febre e decidiu entrar em contacto com a linha Saúde 24.

“Foram bastante atenciosos, mas a verdade é que eu nunca consegui falar com um médico. Falava sempre com uma enfermeira que me recomendava ficar em casa e tomar paracetamol”, contou. Mas os sintomas agravaram-se e começou a ter alguns problemas respiratórios. “Como se alguém estivesse a fazer uma pressão sobre os meus pulmões. Eles queriam respirar e sentia uma espécie de bloqueio”, revelou.

Alarmado, entrou em contacto com o médico particular, que lhe fez uma visita domiciliária. “Percebeu logo que havia uma infeção respiratória, uma eventual pneumonia. Receitou-me um antibiótico. Avisou-me que se em dois dias não recuperasse tinha de ir para a urgência (…) Sentia-me, de facto, num filme”, disse ainda o jornalista.

Atualmente, Pedro Jorge da Cunha já está melhor, mas continua em isolamento. A mulher também foi infetada. Os filhos do casal, Ema e Santiago, de dois anos e meio, não apresentaram problemas de maior.

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News