fbpx
TVI Cristina Ferreira

Jornalista da TV Guia critica Cristina Ferreira: “Uma estação sem um rumo bem definido”

Cristina Ferreira, Tvi
Instagram

Paulo Abreu, chefe de redação da TV Guia, voltou a desenvolver uma opinião sobre Cristina Ferreira. No seu entender, a TVI é um canal sem rumo definido.

Cristina Ferreira e a atual situação da TVI voltaram a ser alvo de opinião por parte de Paulo Abreu, chefe de redação da revista TV Guia. Na edição desta semana, o jornalista recordou a distância que continua a separar o canal da SIC, líder de audiências, e criticou o modelo “troca-lhe as voltas” do dia 14 de julho, quando a estação de Queluz de Baixo mudou os apresentadores de todos os programas.

Passou-se um ano e pus-me novamente a fazer contas. Em julho de 2020, a TVI ficou a 5 pontos de diferença da SIC, o que é terrível para uma televisão privada que precisa de audiências – perdão, dinheiro“, lê-se na fase inicial do texto.

Agora, volvidos 12 meses, a estação de Queluz de Baixo prepara-se para fechar o mês a quatro pontos de distância da rival. O que devia fazer pensar Mário Ferreira e os seus pares“, alertou.

De seguida, recordou que a TVI tem hoje três telenovelas à noite, ao contrário das duas de há um ano, teve o Euro 2020 e conta ainda com Cristina Ferreira, dona de um “ordenado mensal das arábias“. “A pergunta impõe-se. Tantos euros gastos, tantas piruetas dadas, tantos foguetes lançados, para quê? É evidente que cheira a uma estação sem um rumo bem definido“, atirou.

Sobre as trocas do dia 14 de julho, Paulo Abreu também arriscou uma opinião. “É Cristina Ferreira a ver onde é o melhor lugar para cada um, inclusive para ela. Sem admitir erros, tentando ser discreta e, impercetivelmente, arrumar de forma correta os colegas“, criticou.

Leia também: TVI anuncia novas estreias! Aponte agora na sua agenda

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

1 Comentário

Clique aqui para comentar

  • A TVI, precisa de rumo sim e de pessoas certas, pessoas com EMPATIA com o telespectador, mas a Directora optou pelos “amigos” sem olhar a quem, sem olhar ao profissionalismo, à simpatia, à humildade, e principalmente à comunicação, os telespectadores é que fazem audiências e as escolhas, não foi bem aceita a Cristina Ferreira dispensar uma Senhora, sim Senhora da comunicação a Fátima Lopes, não havia dinheiro??? então para que serve o Ruben rua, a Helena Coelho a Fanny o Ben, pra quê, sinceramente foi muito mau, ou seja a Cristina Ferreira fez da TVI a pior das estações e além disso os espectadores não são ignorantes, como pode verificar, ninguém foi atrás dela SIC/Tvi, como aconteceu ao contrário, a maioria das pessoas criam hábitos, simpatias e empatias pelos apresentadores, agora com esta nova vaga, sinceramente não interessa a ninguém, a TVI actualmente só tem 2 apresentadores: Maria Cerqueira Gomes e Pedro Teixeira, tudo a dobrar, é rídiculo.

ATV News

<>