fbpx
Big Brother TVI

Joana sobre os colegas: “Tinha os todos em melhor consideração, mas já estava espera”

Joana, Big Brother, Dois As 10,
Instagram

Joana foi a grande vencedora do ‘Big Brother – Duplo Impacto’ e esteve no ‘Dois às 10’ a falar sobre a sua participação.

Cláudio Ramos começou por ironizar sobre ter sido acusado de levar ‘Joana ao colo’. A vencedora do ‘Big Brother’ confessou não gostar que digam que é mimada porque parte de um “prossuposto negativo”.

Não me considero uma pessoa assim tão mimada. Tive que ouvir isso o programa inteiro: ‘tens 21 anos’. Em relação a mim nunca foi como qualidade, mas no sentido depreciativo“, começou por dizer Joana.

“Já ia tensa para as galas. Este programa acabou por ser uma hipérbole do que foi o outro, só que aqui invadiram mais a minha pessoal, os meus sentimentos“, acrescentou, referindo também que tinha que estar sempre a justificar-se.

Nas galas já vou um bocado traumatizada do que me aconteceu nos outros programas todos. Era sempre a cair em cima de mim. Eu era das pessoas que falava mais nas galas e tinha mais que me justificar. Já era um bocadinho repetitivo, já estava muito cansada de lá estar, foram seis meses”, disse ainda.

Quanto ao Bruno, a ex-concorrente revelou que ainda não falaram e não têm contactado um com o outro. Na sua opinião, tudo mudou após uma discussão sobre o Pedro, porque ele achou que ela estava a jogar com ele e a fazer-se vítima.

“Gostava de falar com ele (…) Ainda espero ficar amiga do Bruno”, afirmou. Lamentou ainda que alguns colegas não a tenham felicitado pela vitória. “Tinha os todos em melhor consideração, mas já estava espera. Já estava à espera de uma reação assim”, rematou.

Leia também: Joana “destrói” Cinha Jardim e “obriga” Mafalda de Castro a um pedido de desculpa

 

Receba todas as informações no seu smartphone.
Descarregue a App gratuita. Apple Store Download Google Play Download

ATV News